A melhor coisa que não me aconteceu


Graaaaça e a paz, pessoas bonitas!

Vamos para mais uma troca de ideias?
Depois da notícia bombástica do artigo passado e a constatação de que “nois até escreve artigo pro site, mas nois sofre as mesmas paixões que qualquer um”, quero dividir algo com vocês. Haha’
Sendo bem franco, esse texto não é inédito, mas ele sofreu algumas alterações e atualizações.
Eu postei o original há algum tempo, repostei no meu blog e agora trago para vocês.
Vamos lá!

Para começo de conversa, é isso mesmo, você não leu errado, não falarei sobre a melhor coisa que me aconteceu, como geralmente nós vemos por aí.
O que tenho a compartilhar é sobre algo que não aconteceu: Eu tenho 30 anos e não me casei!
Sim, exatamente isso!
Não estar casado durante todos esses anos me proporcionou as melhores experiências que eu pude ter na minha vida com Deus.
A vida de casado, como Paulo diz aos coríntios, é cercada de cuidados de como agradar ao cônjuge.
A vida do solteiro é voltada para alegrar a Deus e é isso que tenho experimentado nesses meus dias de convertido e até mesmo nos dias de “convencido” (eu também, ora. Quem nunca? Na verdade, mais ou menos como disse John Wesley: vamos nos convertendo a cada dia).
Eu já vivi tantas coisas! Deus, com sua infinita misericórdia e graça sobre minha vida, me permitiu participar de uma banda na qual vivia cantando pelas igrejas do bairro: participamos de show, vigília, cultos… Éramos horríveis (rs), mas amávamos fazer o nosso som para Deus, e éramos amigos, mesmo com todas as dificuldades. Participei de uniões jovens, com seus cultos jovens, congressos, saídas, evangelismos, visitas, cultos ao ar livre, viagens, classes de EBD e os ensaios (ah! Os ensaios).
Participei de um projeto para-eclesiástico que começou como uma web rádio e se tornou em algo maior do que poderíamos imaginar, ao ponto de percebermos seu potencial e fazê-lo se tornar evangelístico: tivemos vários encontros, reuniões, cultos, eventos, evangelismos não convencionais e até shows, tudo com a missão de fazer jovens entenderem que podem servir a Deus e se divertirem, quebrar essa ideia de que entrou para a igreja, acabou a diversão.
Fui a muitos eventos, cultos e shows longe de casa: cheguei altas horas em casa, pernoitei e cheguei em casa pela manhã muitas vezes, e o mais legal: dormi em mais casas do que eu possa lembrar.
Fui convidado a participar do maior ministério sobre inteligência emocional e pureza sexual do Brasil, Eu Escolhi Esperar, e  nunca aprendi tanto na minha vida, em doses tão curtas de aprendizado: participei de inúmeros seminários, em vários cantos da cidade, estado e até fora do estado (nas melhores viagens da minha vida), fiz parte da equipe de voluntários que ajudou o 1° retiro ser uma experiência inesquecível na vida de mais de 400 pessoas, conheci grandes líderes da nossa geração…
E em todas essas fases, conheci e convivi com pessoas espetaculares! Como aprendi e como vivi!
O melhor de todos esses anos foi amar a Deus, amar essas pessoas e ser amado por elas.

Mas nunca pensou em casar? Em todo santo dia dos últimos 10 anos da minha vida, todos esses que me proporcionaram essas experiências citadas.
Mas quer saber?
Eu não estava pronto para casar e ainda não estou.

Eu me relacionei durante pouco mais de dois anos, entre 2013 e 2015, e o que mais eu fiz foi pensar nisso, mas não era a vontade de Deus… De certa forma, perdemos o foco e deixamos de ser um casal para agradar a Deus e agradávamos a nós. Não façam isso!

Não, não tenha pressa de casar!
Não ligue para as pressões de quem está ao seu redor.
Eles não vão viver as consequências das suas escolhas!
Quem vai casar é você!
Se não é seu tempo, não ceda!

Cuide de agradar a Deus!
Vá viver suas experiências com Ele!
Vá amar as pessoas nas ruas que precisam descobrir esse amor que te resgatou.
Leia tudo o que puder!
Estude!
Trabalhe!
Viaje!
Saia com amigos!
Aproveite o seu tempo de solteiro para desfrutar do que só os solteiros podem.

E esqueça essa ideia de que precisa de alguém para te completar. Seja completo em Deus, a graça dEle te basta!
Deus não vai dar ninguém para te completar, Ele vai dar alguém que te transborde.

Descubra o seu ministério e o propósito de Deus na sua vida e mergulhe fundo!
Faça a obra com amor e afinco!

É isso que tenho feito e lutado para fazer, depois que o meu relacionamento terminou.
Hoje gasto minha vida servindo ao Senhor e às pessoas.

Pare de querer a vida de casado, quando você não viveu, de fato, o seu tempo de solteiro.

E, olha, Ele sempre estará contigo… Não existe filho(a) de Deus sozinho(a).
Fale para si mesmo(a):

“Estou solteiro(a)!
Eu nunca ficarei só…
Eu tenho Deus!”

mm
Cassio Mota Pedroso Facebook Twitter Imprimir

Membro da Igreja Metodista Wesleyana em Jardim Maravilha, RJ. Líder de jovens e evangelismo. Solteiro. 30 anos. Estudante de Comunicação Social (Publicidade e Propaganda). É voluntário do EEE desde 2012.

seta

CONHEÇA NOSSA LOJA ONLINE