A vida é imprevisível

A vida é imprevisível. Hoje o céu está limpo, amanhã pode não estar. Tudo pode mudar em um só instante. O imenso desconhecido assombra, arrebata nossas forças, tira nosso sono. O desconforto da mudança, o medo da tempestade… Você parece estar sozinho, mas não está. Parece o fim, mas é apenas o começo. Pela graça, você pode ficar corajoso quando houver medo. Você pode domar seus temores. Você pode redescobrir sua verdadeira identidade. Você pode ser a plenitude de quem Deus o chamou para ser.

Em tempos difíceis, alcance as alturas, desafie a gravidade, descubra o céu como nunca antes. Não viva pequeno. Vivemos pequeno porque esquecemos o nosso verdadeiro tamanho. E esquecemos esse verdadeiro tamanho porque esquecemos Daquele que nos outorgou toda grandeza que podemos alcançar.

Voe acima das nuvens, mas permita-se inclinar como Ele se inclinou ao render sua vida na Cruz. Apesar do longo tempo que passou sem que você descobrisse que podia voar como águia, agarre esse momento. Viva-o. Experimente-o. Supere os limites. Vá além das fronteiras. Desafie os limites da sua fé. É nas alturas dos céus que o encontramos mesmo quando nossa alma parece ter descido ao mais profundo dos mares. Não se assuste com as contradições nem com os paradoxos. Você não precisa entender, você precisa se entregar. Conheça-O. Não há mais nada no mundo que valha tanto a pena. Dê a Ele seus rascunhos e Ele fará uma poesia. Dê a Ele sua vida – por inteiro, completa e intrinsecamente – e finalmente você vai começar a viver. Dê a Ele seu amor e sinta as batidas do seu coração se ajustarem no peito. A vida é imprevisível, mas Deus é surpreendente. E ele nunca desaponta. Pode confiar.

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 

Sâmela Ribeiro

Uma quase engenheira civil que ama café, viagens, gatos, violão, Netflix, gente e Jesus - não necessariamente nessa ordem.