Amor(?) não correspondido

Bem no fundo do meu coração há um desejo de que ninguém sofresse por gostar do outro, por estar apaixonado e com borboletas no estômago. Mas infelizmente vemos por todos os lados pessoas que não são correspondidas no amor. Isso é muito triste, porque além de causar danos emocionais, espirituais e físicos, isso também tira o foco de grande parte da nossa vida, tempo esse que poderia estar sendo aproveitado para a glória de Deus. Pensando nisso, vim compartilhar com vocês alguns pontos que acho importante para acontecer esse “desprendimento” emocional.

1) Se você está sofrendo por “amar” sozinho alguém, você tem certeza de que isso é amor? O amor de 1Co 13 é bem claro no que diz a respeito do verdadeiro amor. E lá vemos nitidamente o amor de Deus por nós. No momento em que passamos a entender o quão somos especiais, importantes e insubstituíveis para o Pai, assim também passamos a nos amar e nos valorizar. Talvez isso que você esteja sentindo pela outra pessoa seja uma fixação, um desejo de amar a ilusão que você criou ao outro e não realmente o amor que Deus nos mostra, que é além de tudo, saber e reconhecer todos os defeitos, ainda assim exercer o amor. Existem pessoas que se apaixonam platonicamente, nem ao menos amizade com o outro foi construída e solidada. Na verdade, nesses casos a carência quase sempre é um fator que contribui certamente para que isso aconteça. Coloque diante do Senhor nesse momento o desejo do seu coração e permita (permita sem colocar sua vontade) que o Espírito Santo encha seu coração do verdadeiro amor e tire tudo aquilo que não pertence a Ele. Coloque diante dEle todas as suas ansiedades e pense comigo: O que você prefere? Que Deus permita que seu desejo seja realizado, mesmo sem ser da vontade dEle e lá na frente você veja o quão sua vida está destruída, ou você prefere fazer a escolha de entregar seus sentimentos ao único que sabe de todas as coisas e que é o mais interessado em que sejamos felizes? Fazendo essa última escolha, você pode ver que lá na frente Deus faria a vontade dEle de qualquer maneira, seja permitindo que você fosse por outro caminho, seja fazendo o melhor por você, mas que você está feliz com o caminho em que decidiu percorrer. Além do mais, quando deixamos Deus agir sem colocarmos nosso dedinho sempre nos planos dEle, certamente nossa bênção vêm mais rápido e muitíssimo melhor. Acredite e seja fiel a Deus nessa área da sua vida também!

2) Quem me vê falando sobre entregar a Deus a vontade do nosso coração pode até achar que é extremamente fácil, porém, nem sempre é assim. Toda força Deus é quem nos proporciona, não daríamos conta por nossa própria vontade, é Ele quem nos capacita. Por conta disso, Jesus disse para vigiarmos todo o tempo, estarmos sempre em oração e sensíveis a voz do Espírito de Deus. Apenas dessa forma é possível se desprender de tudo aquilo que a carne nos proporciona, que é dor, sofrimento, ilusão, decepção, expectativa, não há coisas boas. Se você se vê fraco nesse momento, comece um jejum. Se você não consegue escutar a voz de Deus te direcionando para o melhor caminho, converse com o seu melhor amigo mais vezes, seu Pai. Sempre que não souber o que fazer e para onde ir, leia o manual que Ele nos deixou, o livro da vida, a Bíblia. Todos esses passos são fáceis? Não. Mas apenas comece! Tudo vai ficando mais fácil conforme o Espírito retoma ao lugar que sempre foi dEle, que é dentro do seu coração e sendo o centro da sua vontade.

Amém? Do mais profundo do meu coração, que essas palavras possam entrar em seu ser e possam fazer muito mais do que eu tentei, que o Espírito Santo ministre ao seu coração exatamente aquilo que você precisa. E se lembre sempre: “Somos mais que vencedores!” Não deixe que ninguém te convença do contrário.

Abraço cheio do amor de Deus, Carol.

Este artigo é uma contribuição dos nossos leitores.

Autora: Ana Carolina Prado Fontenele, Estudante de psicologia, 21 anos. “Se não for para te adorar, para quê nasci?”

Email: carolpfontenele@gmail.com

Facebook: https://www.facebook.com/carolfontenelep

Instagram: https://instagram.com/carolpfontenele/

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

Redação Eu Escolhi Esperar