As cinco linguagens do amor


 

Sentir-se amado é um anseio de todas as pessoas. Mas nem sempre a forma como demonstramos nosso amor por alguém é a forma como aquela pessoa se sente amada. Isso por que cada um tem uma linguagem de amor e por isso precisamos conhecer uns aos outros na família, nas amizades, no romance a fim de corresponder com o amor que as pessoas esperam. Analise os casos a seguir:


“ Kelen gostaria que sua mãe tivesse mais tempo para conversar com ela, mas ela está sempre ocupada demais.” A mãe de Kelen pensa que o fato de fazer as coisas como cozinhar, dar roupas e presentes para filha é o suficiente para demonstrar seu amor.” A mãe de Kelen esperava que ela ajudasse mais com as atividades domésticas e se sente, em algumas vezes desvalorizada pela filha”.


“Sandra é uma mulher que ama o romantismo, principalmente ser elogiada pelo esposo, mas ele dificilmente expressa alguma palavra de amor, pois em seu entendimento o fato de dar a provisão da casa é o suficiente para demonstrar o seu amor. Sandra se sente desvalorizada e seu marido insatisfeito porque ela estava sempre indisposta a ter um momento íntimo com ele.”


Os dois casos são fictícios, mas retratam a falta de correspondência entre as formas de amar das pessoas. O amor é real em ambos os casos, mas a forma de demonstrá-lo não corresponde ao que o outro espera e precisa para se sentir amado. Enquanto Kelen só queria um TEMPO DE QUALIDADE com a mãe, esta por sua vez respondia com SERVIÇO E PRESENTES. Enquanto Sandra precisava de PALAVRA DE AFIRMAÇÃO, seu marido sentia necessidade de TOQUE FÍSICO.


Gary Chapman, escritor cristão classifica 5 linguagens de amor, sendo elas:


TEMPO DE QUALIDADE:ter um tempo a sós, sem pressa, para conversar ou mesmo para ficar juntinhos em silêncio. Ouvir e ser ouvido com atenção e participação, muitas vezes é a maneira mais importante de uma pessoa se sentir amada.

PRESENTES:ao ganhar um presente a pessoa se sente realmente valorizada. Ela faz questão de ser lembrada no seu aniversário, ou quando alguém querido viaja pede para lhe trazer a lembrancinha. Se algum dia ficar sem o presente da pessoa querida, se sente “sem chão”.

SERVIÇO: a pessoa se sente amada quando se faz algo por ela, uma comida, levá-la em algum lugar, arrumar a bagunça da casa.

PALAVRAS DE AFIRMAÇÃO:a pessoa tem necessidade de ouvir suas qualidades pela pessoa querida. Cada palavra soa como um refrigério na sua alma e a motiva muito.

TOQUE FÍSICO:a pessoa tem a necessidade de abraçar e ser abraçada, tocar, beijar.


Nesta manhã, ao abrir meu facebook, visualizei uma linda mensagem do meu noivo, dizendo o quanto eu sou importante para ele e o quanto ele me ama… As palavras dele foram mais importantes do que qualquer tempo que pudéssemos estar juntos, ou qualquer presente ou até mesmo qualquer outra coisa que ele pudesse ter feito por mim. Me senti muito amada e isso me fez quase explodir de alegria, pois sei que não é o natural dele se expressar assim, mas por saber que essa é a forma que eu me sinto amada, ele fez um esforço.

Com meus pais, por exemplo, percebi que a melhor maneira deles se sentirem amados é quando eu os  sirvo, seja nas atividades empresariais deles ou domésticas, então passei a me esforçar para demonstrar meu amor da forma que eles se sentem amados, mesmo que não seja o que eu gosto de fazer sempre.Quando amamos alguém de verdade, esse amor transborda e nos leva a demonstrá-lo da melhor forma que aquela pessoa possa captar. Isso traz só benefícios para a relação e nos torna mais felizes.

Precisamos conhecer a linguagem de amor uns dos outros e amá-los, não da forma que achamos que tem que ser, mas sim da forma como eles verdadeiramente se sentiriam amados, para que assim seja.

Talvez o que você precisa é ajustar a sua linguagem de amor com a do outro e assim não haverão mais desentendimentos. Não dá para ficar cobrando amor, mas é possível, num momento mais tranquilo expor aos outros como você se sente amado e também perguntá-lo, como ele gostaria de ser amado. Sem cobranças, sem pressão, sempre tentando olhar para as necessidades do outro.

mm
Simone Messina Gomez Facebook Twitter Imprimir

Simone Messina Gomez. Funcionária pública e escritora cristã. Membro da Igreja Bastista Nacional de Santa Maria, RS. Autora do livro O valor de estar solteiro e de muitos outros que estão por vir! Casada com Pedro Tasca Gomez. Ministramos seminários sobre Vida de solteiro, Romance Real e Santidade. Contato: simessina@gmail.com

seta

CONHEÇA NOSSA LOJA ONLINE