Home Artigos Cansei de Fazer As Coisas “Direitinho”

Cansei de Fazer As Coisas “Direitinho”

2169
0
Mais um artigo, mais uma canção: I’ll Find You – Lecrae

 

Existirão momentos em que você pode se sentir para trás. Sua vida é quase uma readaptação do Salmo 91.7: “Mil postarão foto de casal no instagram ao teu lado, dez mil noivarão, mas tu não serás atingido!”

Você tem feito tudo direitinho. Tem seguido todas os conselhos dos seus líderes, tem acompanhado diariamente o site do Eu Escolhi Esperar, vai em todos os cultos de oração da igreja, não se inscreveu em aplicativos ou sites de relacionamentos…e mesmo assim, apesar do seu bom coração, você só toma rasteira.

Em outras palavras, você tem saído prejudicado. A vontade é de pisar no acelerador e ultrapassar o sinal vermelho (Confere esse artigo: “Pare! Sinal Vermelho!”). É que fazer tudo direitinho não tem te levado a lugar nenhum, não é? Ou pelo menos, é o que parece.

A questão toda é: você vai olhar para essa situação a partir de qual ponto de vista?

Talvez você esteja se perguntando quais são os pontos de vistas que existem. Vem comigo que eu te explico!

Você pode optar pelos óculos da comiseração e do vitimismo. Se for assim, viverá em meio a lástimas sem fim, e tentará, inutilmente, culpar alguém por tudo que não deu certo. É provável que você pense que por fazer tudo dentro da “caixa”, por não pintar fora das linhas e cumprir todas as regras…Deus tem obrigação de responder a sua bondade com os feitos incríveis Dele. E que Ele castigará, no seu tempo e não no Dele, as pessoas que não fazem tais coisas.

Ou, você pode usar as lentes divinas para olhar com mais atenção tudo o que está acontecendo ou o que não aconteceu. Ninguém vive uma vida sem experienciar sofrimento e injustiças. Se as pessoas acreditassem somente quando tudo ocorre bem, a fé não seria verdadeira.

“…Também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, e a paciência a experiência, e a experiência a esperança. E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado”.

(Romanos 5:3-5) 

Olhar do ponto de vista do céu, é compreender que mesmo diante de uma dor ou situação injusta, ao invés de chutar o balde e largar tudo, precisamos orar (Salmo 109.4).

Ver os momentos difíceis da vida através da ótica celeste é entender com todo o coração, que Deus não está indiferente ao que acontece com você. Ele não está ausente. Ele é fiel, e Seu amor permanece para sempre! (Salmo 136).

A bondade e o amor Dele não significam que Ele te livrará de todos os tormentos e dificuldades. Eles garantem que em todas as situações – boas e ruins – Ele estará com você.

“O Senhor está perto
dos que têm o coração quebrantado
e salva os de espírito abatido”. 

(Salmo 34:18)

Oro para que você consiga passar por todo esse processo buscando enxergar as circunstâncias como fatores que te farão crescer. E você está crescendo. Não desista de fazer as coisas da maneira certa, “direitinho”. Atalhos não são necessários se você sabe Quem te conduz.

Não tenho todas as respostas, e não tenho a pretensão de tê-las em algum momento. Você não está sozinho nessa jornada. Torço para que de alguma forma, a esperança que estava adormecida no seu interior tenha sido despertada. Tudo isso tem um propósito. Não desista do seu bom coração!

 

E eu espero que logo, logo, isso se torne real na sua vida:

“Um dia você acordará e toda essa esperá terá sentido. Você perceberá que todas as orações que pareciam estar enroladas em preocupações, na verdade, estavam amarradas firmemente na graça de Deus. Entenderá que, mesmo achando que antes você estava acabado, você estava bem, na verdade. E tudo o que tinha que acontecer, aconteceu e você está aonde precisa estar”. (Morgan Harper Nichols)