COM BEIJO OU SEM BEIJO?

Hoje, quem compartilha aqui com você é minha linda esposa. Segue ai…
 
Nesse último dia 3 DE novembro, O jornal ESTADO DE MINAS publicou uma matéria falando sobre o "BEIJO". Tivemos a honra de ter o ministério Do Olhar ao Altar participando.
 
Já até falamos sobre esse assunto por aqui, mas observamos que muitos ainda possuem grande resistência quando se trata disso. Alguns acham exagero e talvez desnecessário, até porque beijar é bom demais e trás sensações muito boas.
 
No entanto, entendemos que existe sim um tempo para todo propósito debaixo dos céu, como afirma as Escrituras em Eclesiástes 3. Existe um tempo oportuno para o agir de Deus na vida de cada um de nós. Precisamos, portanto, buscar esse tempo em todas as áreas da nossa vida, inclusive na sentimental.
 
Quando escolhemos fazer as coisas no tempo DELE, colhemos bons frutos por tal escolha.
 
Foi comprovado cientificamente que o beijo, como já falamos em um de nossos artigos aqui, é o início do ato sexual, (Aquele beijo de longa duração…) pois é a introdução de um orgão em outro. 
 
Você que beija muuuuito o seu namorado(a), certamente já sentiu vontade de "partir pra cima" e "ir para os finalmentes", ou as coisas estão caminhando para este cenário. 
 
Se você deseja ter um namoro em santidade, a escolha por não beijar ("de língua") poderá sustentar a sua escolha de viver uma vida para agradar ao Senhor. Pois assim o fazendo, estará sabendo controlar seus hormônios para que sejam liberados na hora certa. Vale a pena esperar e exercer o domínio próprio.
 
Infelizmente o mundo e suas propostas vêm para inverter os papéis; iverter a ordem normal das coisas.
 
"O mundo" diz: Beije muuuuito agora, aproveite a vida.
"O mundo" diz: sexo é normal; casal de namorado que não o pratica é careta.
"o mundo" diz: Isso tudo que o povo fala não tem nada a ver, faça o que você sentir vontade e pronto.
 
E então, se você age segundo os princípios do mundo, chega o momento do seu casamento, tão esperado e sonhado…
"E a lua de mel foi tão normal, até porque eu já conhecia todo o corpo dela (dele), e então os longos e "calientes" beijos já não rolam mais. No máximo um selinho. Já casados, o sexo não rola com todo aquele fervor que rolava no casamento. Não é mais constante. As coisas foram invertidas."
Quando menos esperam, a dúvida vem ao coração … e o amor parece esfriar… e muitos partem para o divórcio, como se fosse a coisa mais normal.
 
Aquilo que começa errado, tende a terminar errado.
 
Não é essa a vontade de Deus pra você. A vontade dEle é que você viva intensamente para Ele, e o obedeça sempre, pois certamente será recompensado (a) por isso.
 
Um certo dia uma jovem veio falar que não conseguia manter santidade no relacionamento. Conversei com ela sobre os cenários favoráveis para o pecado: Ficar à sós com ele; falar sobre assuntos "quentes"; e, óbvio, falei também sobre o beijo. Ela encontrou o seu namorado e conversou sobre os conselhos que ouvira.
Ele não concordou quando ela falou sobre o beijo. Segundo ele, isso era tudo mentira e um exagero da minha parte. Até  que eles então começaram a se beijar, e, de repente ele a empurrou e disse: Sua patora tem toda razão! Desde então escolheram ter uma namoro diferente.
 
Não podemos nos almoldar aos padrões deste mundo.
Parar de beijar (beijos de longa duração) hoje pode ser uma atitude muito radical no seu namoro, mas que trará um resultado poderoso, sobrenatural.
Falo isso porque um dia eu e Leandro escolhemos viver essa realidade, e sabemos o quanto foi válido abrir mão da nossa vontade. Hoje, muitos jovens têm escolhido esperar e, enquanto esperam, tomam decisões como esta, que são sementes que certamente trarão bons frutos no casamento.
 
 
Não se esqueça de assistir a nossos vídeos em nosso canal www.youtube.com/DoOlharAoAltar
Lá você encontra muito mais sobre esses e outros assuntos.
 
Em Cristo,
 
Aline Almeida

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

leandro