Como Conquistar o que Deus Sonhou pra Mim?

O que fazer quando você está buscando viver em santidade, mas, mesmo assim, as coisas parecem ir de mal a pior? Pois é… muitas vezes, mesmo estando em obediência a Deus, as tempestades da vida nos atingem, e nossos sonhos parecem desmoronados. Esse foi o tema de nosso último artigo, e, como prometemos, daremos aqui continuidade a ele, mostrando o que é preciso para prosseguirmos nas promessas do Senhor. Ainda que em meio às dificuldades, os princípios que apresentaremos devem ser seguidos para conquistarmos a nossa vitória tanto na área sentimental como em qualquer outra da nossa vida. Vamos a eles!

1. A ÓTICA DE DEUS. Já reparou que, às vezes, passamos pelo mesmo problema que outras pessoas, mas cada um de nós reage a esses conflitos de uma forma diferente? Por que será? Na verdade, tudo depende de como enxergamos a vida em um todo. Se somente olharmos as dificuldades como se fossem um fim, viveremos sem alegria, sem esperança. Agora, se olharmos nossas lutas crendo que em tudo há um propósito de Deus, saberemos reagir da maneira que glorifica a Ele e seremos abençoados. Ninguém gosta ou quer passar por dificuldades, obviamente, mas, quando temos uma vida de consagração ao Senhor, todas as coisas – inclusive essas, que não queremos – contribuem juntamente para o nosso bem.

Um bom exemplo do que estamos falando é descrito na Bíblia. O livro de Números, capítulos 13 e 14, conta a história de 12 homens enviados por Moisés para espiar a terra que, um dia, Deus havia prometido dar ao Seu povo. O interessante é que, embora aqueles homens estivessem vislumbrando de um mesmo cenário, diante de uma mesma perspectiva, dez deles voltaram relatando que não seriam capazes de tomar posse da terra por causa das dificuldades lá encontradas. Apenas os outros dois – Josué e Calebe – disseram que, com a ajuda de Deus, conseguiriam, sim, conquistá-la.

2. A CRENÇA EM DEUS. Independentemente do problema que enfrentou ou esteja enfrentando, você sempre acreditará em alguma coisa. Preste atenção nisto: até mesmo quem diz que não acredita “em mais nada” faz desse “nada” o seu deus, a sua crença. Portanto, precisamos crer em algo – e não existe algo maior, melhor, mais verdadeiro e fiel do que Deus e a Sua Palavra. Na Bíblia encontramos todos os princípios de que precisamos para os propósitos dEle se cumprirem em nós.

Talvez neste momento você esteja falando no seu coração, bem baixinho: “Isso não funciona na minha vida”. Se você continuar pensando assim, então o “não funciona” será, de fato, o seu deus. Ei! Mesmo que você já tenha passado por tantas frustrações, não deixe que essas experiências sejam mais relevantes do que a Palavra do Senhor!

Vou dar a você um exemplo do que aconteceu comigo quando eu era solteiro. Um dia, minha namorada terminou comigo para ficar com outro; na verdade, antes disso ela me traiu com ele. Fiquei muito mal, pois eu achava que “o amor da minha vida” tinha ido embora e que, a partir daquele momento, seria impossível eu ser feliz. Mas então, diante daquela situação, decidi buscar a Deus de verdade. Mesmo me sentindo sem forças, fui prosseguindo nesse objetivo, até que aos poucos fui emocionalmente sarado e tive o coração repleto das promessas de Deus. O que, para mim, parecia uma grande perda era, na verdade, a resposta do Senhor: com aquele relacionamento, Ele não cumpriria os Seus propósitos em mim.

Não foi o “não” dela que impediu o propósito de um casamento para mim, mas o “sim” de Deus, porque Ele tinha algo melhor para a minha vida. Os planos de Deus não estão condicionados ao que as outras pessoas querem, mas estão exclusivamente voltados à soberania dEle aliada à minha obediência. Em Deus, não existe sorte, acaso ou impossibilidade. As bênçãos do Senhor vêm ao nosso encontro quando lutamos em obedecer ao Senhor.

Resumindo: nessa minha caminhada com Deus, antes de eu conhecer a Claudinha (minha esposa), eu sempre me lembrava de uma das promessas do Senhor, que está escrita no Salmo 128.3: “A tua mulher será como a videira frutífera aos lados da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira à roda da tua mesa”. Percebeu como é importante crer no que Deus diz na Sua Palavra, em vez de crer em outra coisa? Não seja como os incrédulos, que não acreditam em Jesus como Senhor e Salvador. Também não aja como muitos cristãos, que têm a fé morna e nem ao mesmo sabem para que foram chamados. Em vez disso, seja um cristão que busca constantemente conhecer a vontade do Senhor e vivê-la em todo o tempo. Conscientizar-se disso irá ajudá-lo a saber quem você quer ser em Deus.

3. A TOMADA DE DECISÃO. Quando as lutas surgem, geralmente nossas emoções ficam à flor da pele. O perigo é que essas emoções tentam calar as promessas de Deus para nós – e justamente essas promessas servem de balizadores para que a nossa decisão esteja no centro da vontade do Senhor. Às vezes, não sabemos exatamente qual é a resposta certa, mas o simples ato de nos lembrarmos dessas promessas já nos ajuda a evitar que tomemos atitudes erradas. Outro detalhe importante: é preciso saber quais são as promessas específicas que Deus tem para cada um de nós. Para isso, é necessário que tenhamos uma vida de intimidade com o Senhor – e isso nós conquistamos com a nossa obediência a Ele nas pequenas coisas que Ele já nos direcionou a fazer.

4. A CAPACIDADE DE SE ERGUER APÓS A QUEDA. Não são as quedas que determinam a frustação de um sonho, mas, sim, nossa incapacidade de aprender com os erros e tentar outra vez. O fracasso só é fracasso quando não aprendemos com ele. Os problemas só nos derrotam se desistimos de lutar. Pior do que cair é viver prostrado. Quando fazemos algo errado, tendemos a achar que não vale mais a pena mudar. Mas acredite na capacidade que Deus lhe deu para fazer o que é certo e, se preciso, mudar, independentemente do que já aconteceu. Acredite que Jesus lhe perdoa, purifica seus pecados e pode trazer algo novo para a sua vida agora! Quem nunca caiu? Como falei, não são as quedas que frustrarão seus objetivos em Deus, mas a sua incapacidade de querer se levantar. Cada batida do seu coração é Deus o lembrando de que, em Cristo Jesus, você é mais do que vencedor.

5. A PERSISTÊNCIA. Mesmo nas dificuldades, não podemos parar de fazer o que é certo. O Salmo 126.5,6 diz: “Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos”. Portanto, mesmo que você esteja cansado ou decepcionado, continue a semear hoje para, no futuro, colher o seu melhor fruto. Às vezes, a tristeza vem por não vermos as coisas acontecendo. Mas isso não significa que Deus não está agindo em nosso favor. Deus nos surpreende em bênçãos quando menos percebemos. Ao longo da sua caminhada, talvez você até faça algo diferente do que pensava ser o certo, mas nunca pare de semear os princípios de Deus, pois, além das bênçãos que poderá receber, adotar esses princípios é uma atitude de obediência.

6. UM FUTURO MELHOR. Quando me pego cabisbaixo em razão de problemas que parecem intransponíveis, lembro-me de que, em Deus, o meu futuro está garantido. Por Jesus, temos a garantia de algo infinitamente maior e melhor do que a maior conquista que podemos ter nesse mundo. Então, por que viver só olhando para aspectos terrenos? Em 1 Coríntios 15. 19, a Bíblia diz: “Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis dos homens”. Entender que a nossa maior vitória já foi conquistada em Jesus nos traz ânimo para sermos mais ousados nas conquistas desta terra.

Concluindo, espero que este artigo o tenha edificado. O mais importante na vida não é realizar os nossos próprios sonhos, mas os sonhos de Deus, pois esses, sim, são perfeitos e muito maiores do que os nossos.

Se você tem dúvidas ou sugestões (ou, ainda, se quer aconselhamento), escreva para o e-mail relacionamentojovemcristao@gmail.com. Farei o possível para responder-lhe o quanto antes.

Até a próxima!

Marco Aurélio

Marco Aurélio Vieira, casado com Claudia Lins, é formado em Administração. Convertido há 15 anos, é membro da Igreja Evangélica Congregacional de Bento Ribeiro (IECBR) e trabalha ativamente com liderança de célula, aconselhamento (sobretudo na área sentimental cristã) e como professor de escola bíblica.

Claudia Lins, casada com Marco Aurélio Vieira, é nascida e criada no Evangelho, e tecladista no ministério de louvor da igreja em que congregam. Formada em Letras, com pós-graduação em Latim e em Mercado do Livro, atua como revisora de textos e produtora editorial.

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

Marco Aurelio

Marco Aurélio Vieira, casado com Claudia Lins, formado em Administração, estuda pós-graduação em Liderança e Coaching. Convertido há 16 anos, é membro da Igreja Evangélica Congregacional de Bento Ribeiro (IECBR) e trabalha ativamente com liderança de célula e aconselhamento (sobretudo na área sentimental cristã). Escreve quinzenalmente para o site sempre aos Domingos.