CONSELHOS PRÁTICOS PARA UM NAMORO EM SANTIDADE

Em nosso último artigo (O que fazer quando eu escolhi esperar, mas ele/ela não?), falamos da importância de sermos obedientes a Deus nos guardando sexualmente até o casamento. Vimos que as orientações do Senhor são dadas para o nosso próprio bem, e que paga um alto preço quem vive desprezando o que Ele ensina, pois dá abertura a todo tipo de maldição agindo em sua vida. Vimos também que as maldições têm como pano de fundo uma real influência do inimigo nos induzindo ao pecado. No artigo de hoje, continuação do anterior, queremos compartilhar 5 conselhos práticos para que você tenha um namoro de obediência a Deus e, consequentemente, abençoado por Ele.

.
1. SEJA PURO – A pureza é uma direção da vontade de Deus. Uma boa forma de saber se o seu namoro está sendo agradável ao Senhor é observar se a pessoa com quem você namora tem tido um comportamento de pureza no seu relacionamento. Mas, atenção: quando falamos de pureza, não estamos falando apenas do namoro sem a consumação do ato sexual (a penetração); falamos também de como se comportam os olhos, as mãos a boca e todo o restante do corpo (de vocês dois). Caso a pessoa com quem você namora não tenha se comportado com pureza, você, sendo cristão, deve conversar abertamente com ela para que não aja outra vez assim; do contrário, será preciso dar fim a esse relacionamento. Pense comigo: se no namoro, que é uma fase de conquistas, já não há submissão aos princípios de Deus, o que dizer então quando estiverem casados, quando as responsabilidades aumentarem? Se a pessoa com quem namora vive tentando você à prática do pecado, podemos dizer com clareza que Deus não está nem mais “falando” com você; na verdade, Ele está é GRITANDO para que termine logo esse romance. Escolher com quem devemos nos casar é uma das decisões mais importantes da nossa vida. Só Deus (e não o nosso coração) pode nos orientar a escolher a pessoa certa para o casamento.

 

2. TENHA DISCERNIMENTO – O desejo sexual é algo normal na vida de todas as pessoas (inclusive dos cristãos de verdade). Mas, quando esse desejo é despertado, as pessoas agem basicamente de duas maneiras, dependendo de como são elas. Primeiro, há pessoas que são realmente de Deus, mas que, por algum descuido, se permitem a um namoro mais intenso, mais quente, despertando em ambos um desejo quase bem próximo ao pecado. Nesse caso, os dois juntos se arrependem e aprendem a lição de não ficarem mais sozinhos em locais que favoreçam essa “brincadeira” tentadora. No segundo caso, há pessoas que, além de não ajudarem você a viver em santidade, vivem induzindo-o a pecar sem o menor temor a Deus. O pior é a série de desculpas esfarrapadas e demoníacas de alguns, que dizem: “Se você me ama de verdade, precisamos ser mais íntimos”; “A gente vai se casar mesmo… Então não precisamos mais esperar pra fazer sexo”; “ É melhor a gente se conhecer sexualmente antes, pra ver se somos compatíveis no casamento”… Os argumentos são os mais variados, mas, como já dissemos, esse é o tipo de pessoa com quem você precisa terminar urgentemente, pois não demonstra nenhum arrependimento e ainda tenta distorcer as verdades de Deus.

 

3. NÃO TENHA MEDO DE “PERDER” – Talvez aqui esteja um dos principais motivos de se deixar vencer pelo pecado: o medo de perder a pessoa de quem você tanto gosta. Não vou dizer nem que é o amor da sua vida, porque o verdadeiro amor da sua vida é aquele dado por Deus (Mateus 19.6). Eu já vivi isso quando era novo convertido. Imaginava que, se não fosse com Fulana, eu jamais poderia ser feliz. Mas olha o que diz a Bíblia: “Confia no SENHOR de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento” (Provérbios 3.5)! Deus tem sempre o melhor pra nós. Nada do que está acontecendo é por acaso. Pode ser que você não entenda agora e que esteja até chorando de dor, mas, por ser obediente, lá na frente você conquistará a sua bênção. Existem situações aparentemente horrorosas, mas que são, na verdade, grandes provisões de Deus pra nós. Sou prova disso!

 

4. VIVA EM SANTIDADE – Quando o namoro começa a apelar mais para o lado físico, é porque o lado espiritual está mais fraco. O segredo pra você viver em santidade não é fazer uma listinha daquilo que pode e não pode fazer no namoro, mas, sim, fazer aquilo para o qual você é chamado por Deus. Fico maravilhado com o privilégio que temos hoje de ser cooperadores do Evangelho. Costumo dizer que ser cristão, vivendo em santidade, é a maior “onda” que podemos tirar! Afinal, quer coisa melhor do que ser amigo de Deus? Portanto, você só conseguirá vencer o pecado quando se determinar a ter um compromisso real e constante com o Senhor. Descubra o verdadeiro propósito para o qual Deus o designou. Aperfeiçoe os dons e talentos que Ele lhe deu. Quando vivemos o nosso chamado, tornamos a nossa vida mais dinâmica e apaixonada por Jesus, sem tempo a perder com as mesquinharias do diabo.

 

5. ARREPENDA-SE DOS SEUS PECADOS – Mesmo você não sendo mais virgem, independentemente da sua idade ou da situação que esteja vivendo, Deus lhe deu a liberdade e responsabilidade de viver a partir de hoje em santidade. Ele é especialista em esquecer o passado e transformar seu erro em ensinamento e bênção. Quando colocamos nossas experiências negativas nas mãos do Senhor, Ele as transforma em algo positivo. Portanto, ore, se arrependa, confesse suas fraquezas, converse abertamente com seus pais, líderes cristãos e amigos que possam aproximá-lo mais de Deus. Nenhum tipo de pecado pode ser maior que o sacrifício de Jesus na cruz por mim e por você. Pense nisso!

 

“Como filhos obedientes, não se deixem amoldar pelos maus desejos de outrora, quando viviam na ignorância. Mas, assim como é santo aquele que os chamou, sejam santos vocês também em tudo o que fizerem, pois está escrito: “Sejam santos, porque eu sou santo”. Uma vez que vocês chamam Pai aquele que julga imparcialmente as obras de cada um, portem-se com temor durante a jornada terrena de vocês” (1 Pedro 1.14-17).

 

Por fim, se você tem dúvidas, críticas ou pedidos de aconselhamento, escreva para o e-mail: <relacionamentojovemcristao@gmail.com>, e farei o possível para responder-lhe o quanto antes.
Até a próxima quinzena!
Marco Aurélio

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

Marco e Claudia

Marco Aurélio Vieira, casado com Claudia Lins, é formado em Administração. Convertido há 15 anos, é membro da Igreja Evangélica Congregacional de Bento Ribeiro (IECBR) e trabalha ativamente com liderança de célula, aconselhamento (sobretudo na área sentimental cristã) e como professor de escola bíblica. Claudia Lins, casada com Marco Aurélio Vieira, é nascida e criada no Evangelho, e tecladista no ministério de louvor da igreja em que congregam. Formada em Letras, com pós-graduação em Latim e em Mercado do Livro, atua como revisora de textos e produtora editorial. Marco Aurelio e Claudia Lins escrevem quinzenalmente aos domingos.