Confissões de 2015


O final do ano chegou e eu nem vi

O tempo passou… eu amadureci.

Fiz do eu escolhi esperar um diário aberto de um ano atípico e ao mesmo tempo fantástico.

Fantástico? Sim, fantástico. Porque com todos meus acertos e erros eu aprendi.

Aprendi a rever meus conceitos, a ser mais tolerante. A ouvir mais.

Mudei meu destino, revi meus sonhos. Aposentei alguns desejos e acreditei em outros.

Amadureci com experiências das quais muitas dividi com vocês, cresci em atitudes. Eu tomei atitudes.

Descobri que eu tenho voz.

Falei de mais, falei de menos.

Me apaixonei, acertei, errei, cai e me levantei.

Me decepcionei, me surpreendi.

Aprendi.

Chorei, sorri.

Descobri que acima de tudo todo mundo tem algo pra ensinar, todo mundo tem um motivo pra rir, pra chorar. Uma luta pra lutar.

Fui mais longe, observei mais, me arrisquei mais.

Errei mais e acertei muito mais.

O ano passou e eu nem vi. Mas eu cresci.

Sim… eu cresci.

Eu vivi e eu vi e vi em TODO tempo Deus aqui.

seta

CONHEÇA NOSSA LOJA ONLINE