Continuarei Te louvando?


 

Se Você me limpasse de minha vaidade
Se Você tirasse minhas palavras
Se todo meu mundo fosse varrido para longe
Você seria suficiente para mim?
As batidas do meu coração continuariam a cantar?


Se eu perder tudo
Minhas mãos continuarão levantadas
Para o Deus que dá e tira


Se Você tomar tudo
Esta vida que Você deu
Meu coração continua cantando a Ti


Quando minha vida não é o que eu esperava
Os planos que eu fiz falharam
Quando não há mais nada para ser roubado de mim
Você continuará sendo o bastante para mim?
Meu coração quebrado continuará a cantar?

Mesmo se você tomar tudo
Você jamais me deixará ir
Tome tudo
Mas eu continuo sabendo


Que eu continuo sendo Seu (Sua)
Eu continuo sendo Seu (Sua)
 
Essa música é da minha banda preferida, Kuttles, – I'm still Yours.
Sempre que eu a escuto, eu a canto como uma forma de oração a Deus. 
Essa música mexe demais comigo, porque me deu muita força em momentos ruins em minha vida. E a música sempre me leva a pensar nisso, mesmo que as coisas vão mal, eu continuarei cantando? Continuarei louvando?
 
Porque, na verdade, é muito fácil louvar a Deus, cantar a Ele, quando tudo está bem na sua vida. Por experiência própria, eu sei. Quando as coisas estão indo bem, quando Deus nos abençoa com algo que temos pedido a Ele, quando estamos felizes; nessas situações é muito fácil adorar. É muito fácil erguer as mãos e louvá-Lo.
 
Mas como está na música:
 
"Quando minha vida não é o que eu esperava
Os planos que eu fiz falharam
Quando não há mais nada para ser roubado de mim
Você continuará sendo o bastante para mim?
Meu coração quebrado continuará a cantar?"
 
Em meio a dor, meu coração quebrado continuará a cantar?
Em meio a tristeza, continuarei a Te louvar?
Mesmo que tudo me seja tirado, Você será o suficiente?
Quando os planos que eu fiz para a minha vida falharem, eu confiarei nos Teus planos?
 
Muitas vezes, Deus não é o suficiente. Precisamos ter mais. Precisamos ter a segurança de uma casa.
Precisamos ter amigos, família.
Precisamos ter dinheiro, ter carro.
Mas e se não tivermos algumas das cosias que julgamos essenciais?
E se aquilo que mais amamos, nos for tirado?
Continuaremos a confiar em Deus?
Continuaremos amando-O?
 
Tire algum tempo para pensar sobre isso.
Escute a música, reflita sobre a letra.
E coloque sua vida diante do Senhor.
 
"Ainda que as figueiras não produzam frutas, e as parreiras não dêem uvas; ainda que não haja azeitonas para apanhar nem trigo para colher; ainda que não haja mais ovelhas nos campos nem gado nos currais, mesmo assim eu darei graças ao SENHOR e louvarei a Deus, o meu Salvador.  O SENHOR Deus é a minha força. Ele torna o meu andar firme como o de uma corça e me leva para as montanhas, onde estarei seguro."
Habacuque 3:17-19
 

Você pode ouvir a música, clicando aqui.
 
Com amor

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 

Patrícia Geiger