Descomplicando a vida

Hoje eu estava realmente muito esgotada, relatórios pra entregar, laudos pendentes, trânsito, celular tocando, compromissos pessoais, um milhão de coisas. Sabe quando tudo acontece ao mesmo tempo e nós precisamos nos redobrar em 10? Pois é.

O dia ainda não tinha terminado e pra completar, sim, tudo pode piorar, cái um chuvarel medonho (na verdade é lindo ver uma chuva daquele jeito, mas eu não consegui ver isso nesse dia) e meu limpador resolve travar no meio dele. Parei o carro num supermercado próximo pra esperar a chuva passar um pouco, celular com 8% e paciência no limite, não tive escolha, fiquei parada ali, vendo os pingos frenéticos escorregarem no vidro do meu carro e tentando compulsivamente fazer o limpador funcionar. 5 minutos olhando aquela cena e me passou um filme de lembranças de quando eu brincava de “corrida de pingos”, tomava banho de chuva, corria pra molhar meu  irmão mais novo (isso o irritava bastante, RS), etc. De repente vi o surgimento modesto de um sorriso de canto de boca e um respirar profundo, reclinando a cabeça pra cima. Quietei, deixei minha mente descansar e comecei a perceber algo muito especial que com certeza só pude ver nesse ambiente de quietude.

Quando estamos muito agitados, levantamos “poeiras emocionais” que acabam afetando nosso humor e a forma que vemos o que está ao nosso redor por isso muitas vezes o difícil é ver o  óbvio. 

Tomar uma decisão simples acabou sendo um gigante pra mim, eu não conseguia canalizar minhas habilidades em quase nada porque sempre que estava fazendo isso me lembrava logo de outro compromisso, de outra coisa, de outra pessoa, de outro problema e puft! Não fazia nada bem feito. Isso me deixava frustrada e totalmente oesgotada, com aquela sensação de nunca ser boa o suficiente pra absolutamente nada.

A vida não precisa ser assim. Quando algo/alguém consegue interferir nas nossas emoções interfere no resto das áreas da nossa vida. Me vi na berlinda entre uma vida de paz e simplicidade e uma vida de frustrações e cobranças exacerbadas, lógico que a opção certa é evidente, MAS, acredite, a maioria de nós não a escolhe, justamente por conta da sujeira no vitral da nossa vida, vemos a vida e as nossas opções através de um vidro embaçado que nós mesmos criamos e isso nos dificulta a escolher as coisas coerentes e melhores. 

Nossa atitude mediante as intempéries da vida é que determinam se aquilo será fácil ou difícil, se será algo complicado demais ou, até complicado, mas resolvível. Nossa angustia em chegar logo, resolver logo etc, apressa nossas reações de forma inconsequente. É preciso parar as vezes, pra deixar a poeira abaixar e visualizar melhor as situações. É preciso pensar mais de uma vez pra tomar uma direção, a inteligência é o que usamos justamente quando não sabemos o que fazer, já dizia Piaget, e pra pensar com inteligência é preciso observar os fatos.

“A sensação de estar apressado geralmente não é causada por uma vida plena e pela falta de tempo. Pelo contrário, nasce de um vago temor de que estamos desperdiçando nossa vida. Quando não estamos fazendo aquela coisa especial que deveríamos estar fazendo, não temos tempo para mais nada — somos as pessoas mais ocupadas do mundo.”  Eric Hoffer

Tudo depende da nossa visão do que está acontecendo, “Qualquer preocupação pequena demais para ser transformada em uma oração é pequena demais para se tornar um fardo.” Corrie Ten Boom. Tentar viver hoje o amanhã ou hoje o hoje e o amanhã é muito delicidado e impossível, só nos traz frustrações.  Jesus nos ensina.. “O pão nosso de CADA DIA (..)” acredito que JESUS também se refere ás nossas necessidades diárias, a cada dia recebemos de DEUS uma “gasolina” na medida de um dia para aguentar as tribulações e dificildades daquele dia, não adianta querer guardas pro dia posterior. Tornemos nossos dias lindos e simples, viver um dia de cada vez já é um bom começo

Não tenhamos angustia quanto ao amanhã, ele ainda nem chegou e só DEUS sabe como ele será. É impossível lidar hoje com os problemas de amanhã. Coloquemos nossa confiança em Deus e permitamos que Ele nos dê de Sua graça e carregue nosso fardo e nos dê o Dele

No fundo, observando mais inteligentemente, você vai perceber que tem mais motivos pra AGRADECER do que pra se ESTRESSAR.

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

Marjorie Leite

Entre Príncipes e Princesas| Missões - Ribeirinhos do Amazonas