Deus de Detalhes

Dizem que ela tem o coração duro para o amor e que não deixa ninguém se aproximar. Ela não tem um coração duro, apenas quer um amor de verdade, quer um amor recíproco, quer namorar pra casar, quer um amor para a vida inteira e por isso, escolheu esperar. Ela quer que aconteça naturalmente, pois sabe que coisas boas acontecem quando a gente menos espera. Andam falando por aí que ela deveria tentar, mas ela não quer “tentar”, ela quer ser feliz, não quer se magoar e muito menos magoar alguém.

Por muitas vezes perguntas como: “Onde está Deus?” ou “Por que Ele não fala comigo?” pairam por nossa mente de tal forma que nos tiram a paz e deixam inquieta a nossa alma.

Acredito que as perguntas que deveríamos nos fazer são: “Eu estou perto de Deus a ponto de ouvir sua voz?” ou “Eu estou atento às formas que Ele usa para falar?”

Por muitas vezes nos tornamos insensíveis à voz de Deus por não sermos capazes de nos auto avaliar e principalmente por não conhecê-lo tal como Ele é.

A característica que mais me chama a atenção na personalidade de Cristo é sua preocupação com os detalhes. As vezes nos preocupamos tanto em obter respostas extravagantes de Deus que acabamos nos esquecendo que Ele fala por meio de detalhes.

Por inúmeras vezes já me peguei procurando respostas das formas mais “obvias” existentes, mas tudo o que precisava fazer era olhar para o que era realmente obvio, aquilo que estava diante dos meus olhos, aquilo que Ele mostrava de forma tão sutil. O grande problema é que quando desejamos muito uma resposta ou uma confirmação de Deus, somos conduzidos a uma onda de ansiedade que acaba por limitar nossa visão.

Em 1Samuel 14.36-37 vemos que o rei Saul consultou a Deus, porém deixou que a ansiedade o dominasse de forma a não permitir que enxergasse a resposta (mesmo estando ela diante dele) o que quase o levou a cometer um grande erro.

Se estivermos sensíveis a Deus, entenderemos as diversas maneiras que Ele usa para falar ao nosso coração.

Já parou para analisar como é incrível relacionamento de melhores amigos? Somos capazes de entender o que um amigo está querendo dizer pelo seu olhar ou pelo sorriso; ele não precisa mandar sinais de fumaça ou escrever em um outdoor o que está tentando dizer, ele é sutil, porque sabe que o conhece bem o suficiente para entender sem que seja necessário mais do que isso. Com Deus não é diferente. Quanto melhor o conhecemos, quanto mais tempo passamos com Ele, quanto mais nos aproximamos dEle, mais sensíveis e atentos à sua voz nos tornamos; passamos a resistir às ondas de ansiedade, pois a doce voz do Senhor nos acalma e assim conseguimos enxergar respostas nas pequenas coisas.

Deus não precisa de grandes ocasiões para falar a nós, Ele só precisa que compreendamos as grandes coisas nos pequenos detalhes.

Certa vez eu me encontrava em um nível de desânimo que até então não acreditava ser possível chegar; não conseguia ver resultados em nada do que fazia pra Deus, parecia que tudo o que era pra se bom, que poderia me servir de força para continuar acabava tendo um papel contrário na minha vida. Eu estava completamente frustrada quanto ao meu ministério, então decidi falar com Deus a respeito, mas só o que conseguia dizer era “eu não consigo mais, não foi o Senhor quem me chamou para fazer isso, esse não é o meu ministério” Passei dias pensando e declarando essas palavras, até que passei a buscar uma confirmação, uma resposta, algo que me ajudasse a sair daquele poço de frustração e ansiedade. Posso dizer que busquei respostas por todos os lados (literalmente) rs, mas Deus parecia se manter em silêncio e eu me sentia cada dia mais mergulhada na desmotivação e na ansiedade por uma resposta que viesse a me tirar daquela situação (ou mais objetivamente, do ministério). Depois de um bom tempo nessa, resolvi parar de buscar repostas e passei a acreditar que Deus iria trazê-la a mim; foi então que por meio de um gesto de uma criança eu soube que havia recebido a reposta de Deus para as minhas perguntas. Depois disso passei a analisar tudo o que me aconteceu durante aquele período e vi que Ele já havia me mostrado a resposta por diversas vezes, mas eu estava ocupada demais buscando algo extravagante que não consegui enxergar os detalhes. Só depois de ter me mostrado que fala também através das pequenas coisas, Deus me deu uma palavra que selou aquela experiência 2Cônicas 17.5 Ele deixou bem claro a mim que foi sim o Senhor quem me chamou e entregou-me o ministério. Hoje eu entendo que se não tivesse atentado para as outras formas que Deus usa para falar conosco, talvez tivesse tomado uma decisão precipitada, o que me levaria a atrapalhar o propósito dEle para a minha vida.

Que estejamos sempre sensíveis à voz do Pai.

Deus é detalhista e nos pequenos detalhes Ele fala.

ESTE ARTIGO É UMA CONTRIBUIÇÃO DE NOSSOS LEITORES.

Autora:Ana Beatriz dos Santos Brito, cristã, 17 anos, levando a Palavra de Deus aos pequeninos desde 2013.Alguém que descobriu as maravilhas do Amor imerecido, a Graça e o prazer que há em compartilhar a verdade do evangelho de Cristo que restaura, traz esperança e abençoa vidas.

E-mail: anabrito168@gmail.com

Facebook: https://www.facebook.com/anabeatriz.brito.186

Instagram: ­_anabeatrizbrito

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

Redação Eu Escolhi Esperar