Deus no silêncio

“Ah Deus. Mais uma vez eu venho diante de Ti. Deus, o Senhor sabe há quanto tempo tenho esperado respostas que venham de Ti. O Senhor sabe que tenho confiado e aguardado por Ti. Mas Deus, porque o Senhor continua em silêncio? Porque o Senhor não me responde? Eu preciso tanto de respostas e o Senhor insiste em continuar em silêncio. Porque? Por queeeeeee?”

Você já deve ter feito uma oração assim a Deus, talvez não exatamente a mesma, mas pelo menos uma parecida. A nossa tendência, como humanos é questionar a Deus. Questionar a Sua sabedoria, o Seu tempo e o Seu silêncio.

Em meio à lágrimas, dores, inquietações, angústia, clamamos a Deus por resposta. Mas Ele permanece em silêncio.

Eu sei de alguém que fez essa oração. Alguém que não aguentava mais o silêncio de Deus. Alguém que não entendia o porquê de tanto sofrimento, de tanta dor, de tanta angústia.

Seu nome? Jó.

“Eu ainda estou revoltado e me queixo de Deus; não posso parar de gemer.  Gostaria de saber onde encontrá-lo; gostaria de ir até o lugar onde ele está, para levar a ele a minha causa e apresentar todas as razões que tenho a meu favor.” Jó 23:1 e 2

Muitas vezes, nos sentimos como Jó. Revoltados. Cansados. Achando que não merecemos passar pelo que estamos passando. Somos “bons” demais para tal situação. E queremos levar uma lista de queixas diante de Deus. Gostaríamos de perguntar-Lhe o porquê dessa situação? Por que?

E ai vem duas grandes lições. Primeiro, a resposta do amigo de Jó:

“Mas eu lhe digo que você não tem razão, pois Deus é maior do que as criaturas humanas.  Por que você acusa Deus, afirmando que ele não dá atenção às nossas queixas?  Deus fala de várias maneiras, porém nós não lhe damos atenção.” Jô 33:12-14

 1. Deus fala

E como fala! Ele fala de várias maneiras! Deus usa a Palavra dEle para falar com você. De diversas formas. Ele usa pessoas ao seu redor para falar com você. Ele usa seu pastor, seus líderes, Ele usa músicas, sua família e se tudo isso não bastar, Ele sempre vai achar uma forma de falar ao seu coração. Ele vai usar um blog, um site, um cartaz dentro da sua igreja ou um adesivo com dizeres bíblicos, e sabe, quando você ler alguma mensagem em um desses, poderá pensar que é apenas uma coincidência, mas para Deus, coincidências não existem, o que existem são “Jesuscidências

 “Antigamente, por meio dos profetas, Deus falou muitas vezes e de muitas maneiras aos nossos antepassados,  mas nestes últimos tempos ele nos falou por meio do seu Filho. Foi ele quem Deus escolheu para possuir todas as coisas e foi por meio dele que Deus criou o Universo.”

Hebreus 1:1 e 2

 – Deus sempre fala, mas muitas vezes somos nós que não queremos ouvir. Não Lhe damos atenção, como diz o versículo. Sabe por que? Porque Ele não nos dá a resposta que queremos ouvir, e continuamos achando que Ele não fala.

 – Deus fala mesmo no silêncio. Quando você acha que Deus não te ouve; você já cansou de chegar até Ele e parece que Ele está tão distante. Ele está falando.

E no silêncio de Deus, Ele pode estar te falando duas coisas:

-Espere, aguarde, confie, descanseem Mim. Ou

– Você pode estar em algum pecado. E Ele até ta te mostrando isso, mas você finge que não vê. Ele está esperando que você corra até Ele para pedir perdão e verdadeiramente se arrepender.

O que aconteceu com Jó então?

 “O Senhor disse-lhe: Notaste o meu servo Jó? Não há ninguém igual a ele na terra: íntegro, reto, temente a Deus, afastado do mal.” Jó 1: 8

“Jó não cometeu pecado algum…” Jó 1:22

Notamos pelo contexto, que ele não estava em pecado nenhum. E as desgraças sobre a sua vida já começam a acontecer no capítulo 1. Então porque o silêncio de Deus? Deus só responde a Jó 37 capítulos depois. No capítulo 38. E é aqui que tiramos a nossa segunda lição.

 2.  Quem é você para questionar a Deus?

Quando Deus, em meio a uma tempestade responde a Jó, sabe o que Ele responde? Deus não responde assim:

– Olha Jó, isso aconteceu com você porque… por causa disso e disso.

Não.

 “As suas palavras só mostram a sua ignorância; quem é você para pôr em dúvida a minha sabedoria? Mostre agora que é valente e responda às perguntas que lhe vou fazer. Onde é que você estava quando criei o mundo? Se você é tão inteligente, explique isso.Você sabe quem resolveu qual seria o tamanho do mundo e quem foi que fez as medições? Em cima de que estão firmadas as colunas que sustentam a terra? Quem foi que assentou a pedra principal do alicerce do mundo? Na manhã da criação, as estrelas cantavam em coro, e os servidores celestiais soltavam gritos de alegria. Quando o Mar jorrou do ventre da terra, quem foi que fechou os portões para segurá-lo?  Fui eu que cobri o Mar com as nuvens e o envolvi com a escuridão. Marquei os seus limites e fechei com trancas as suas portas. E eu lhe disse: “Você chegará até este ponto e daqui não passará. As suas altas ondas pararão aqui.” Jó, alguma vez na sua vida você ordenou que viesse a madrugada e assim começasse um novo dia? Jó 38: 2-12 (E sugiro a leitura do restante do capítulo, que só nos mostra o maravilhoso poder de Deus.)

Não temos o direito de questionar a Deus. Não temos o direito de questionar a Sua sabedoria, o Seu poder e o Seu tempo. Não temos o direito de questionar sobre a forma como Ele age. Apenas temos o dever de ficar quietos.

E no fim de tudo isso, Jó aprendeu a sua lição. E nos deixa uma das declarações mais lindas de toda a Bíblia. Declaração esta, que deveria ser a de todo cristão.

 “Antes eu Te conhecia só por ouvir falar, mas agora eu te vejo com os meus próprios olhos.” Jó 42:5

Com amor

Pati Geiger

Instagram: @patriciageiger

Fan Page: Patrícia Geiger

Twitter: @patigeiger

Blog pessoal: Ideias no Forno

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 

Patrícia Geiger