Home Artigos É necessário perder para ganhar

É necessário perder para ganhar

3219
0

Quando eu morava com os meus pais, eu era conhecida como a pessoa que sempre perde as coisas. Toda vez que eu viajava, eu perdia alguma coisa na viagem. Já perdi moletom dentro de ônibus, pilhas da câmera digital. Já consegui até perder um celular, porque caiu do meu bolso. Tanto que toda vez que eu saia para uma viagem, meus pais me olhavam e falavam: “vamos ver o que você vai perder dessa vez.”

O maior mistério de todas as minhas perdas é da vez que fui para Buenos Aires de ônibus, em 2008, com a minha turma da faculdade e consegui perder a minha carteira de identidade na hora de voltar. Não achava em lugar nenhum. Revirei a mala e fiz todas as meninas do meu quarto revirarem as malas delas e nada. Eu tinha medo de ter problemas para entrar no Brasil, uma vez que estava sem meu passaporte e só tinha esse documento, mas graças a Deus, deu tudo certo. Depois de desistir de procurar, um dia antes de ir fazer uma nova identidade, ela apareceu. A minha identidade apareceu dentro da Bíblia de uma colega cristã que havia levado a Bíblia junto na viagem e até hoje eu não sei como foi parar lá. Seria Deus me falando que a minha identidade está na Bíblia? Foi assim que eu entendi esse mistério, porque naquela viagem eu havia perdido o foco de quem eu era em Cristo.

Bom, já perdi namorado, já perdi emprego, já perdi oportunidades. Já perdi peso quando parei de tomar refrigerante, o que é uma boa coisa.

Mas levei um tempo para começar a entender que depois de muitas perdas, Deus me deu algo melhor. Não que as perdas não foram dolorosas, porque muitas delas realmente me causaram muitas lágrimas, mas eu aprendi que as vezes devemos perder para ganhar, porque no final, Deus sempre tem um plano. Porque as coisas não acontecem como queremos, mas como Deus quer, no tempo dEle, nos planos dEle.

Em Eclesiastes 3, está escrito que há tempo de perder; e eu que sempre reclamei pelas minhas perdas, estou aprendendo a agradecer por elas. Deus tem me ensinado a ser grata pelas perdas da minha vida; Ele tem me ensinado a confiar Nele, a saber que Ele tem algo melhor. Não algo que eu considere melhor para mim, mas algo que Ele sabe ser o melhor para mim.

Por exemplo, quando perdi um emprego que gostava muito, Deus me deu um emprego melhor um tempo depois. Algumas oportunidades que eu perdi, foi porque mais tarde, Deus colocou outra coisa em minha vida. Até mesmo amigos que eu perdi, Deus colocou pessoas que são como família para mim. Mas e a perda do namorado? Bom, olhando para trás, até isso Deus me deu algo melhor depois, e não foi um namorado novo, mas sim, Deus me trouxe pra mais perto Dele, me fez amadurecer e crescer emocionalmente e espiritualmente e a consequência disso foi eu ter vivido uma das melhores experiências da minha vida: missões.

Então, olhando para trás, eu só posso agradecer a Deus pelas perdas que me ensinaram, que me fizeram amadurecer. As perdas fazem parte de nossas vidas e temos que aprender a olhar para elas como um presente de Deus, como um aprendizado, como parte dessa grande experiência chamada vida. Então, não fique se segurando em algo, se agarrando ao passado, let ig go, let it go.

Como falei, as vezes devemos perder, para ganhar. Não o que nós entendemos como ganhar, mas ganhar se aproximando de Deus, ganhar um relacionamento mais profundo com o Pai, perder a nossa arrogância, nossa ganância, nosso orgulho, nossa hipocrisia. Perder as coisas que nos afastam de Deus e ganhar sabedoria em Sua Palavra.

Não seja como a esposa de Ló que virou uma estátua de sal ao olhar para trás e se apegar ao passado.

“Esqueçam o que se foi; não vivam no passado. Vejam, estou fazendo uma coisa nova! Ela já está surgindo! Vocês não a reconhecem? Até no deserto vou abrir um caminho e rios no ermo.” – Isaías 43:18-19

“A coisa mais difícil, quase impossível, é entregar o seu ser totalmente – todas as suas vontades e precauções – a Cristo.” C. S. Lewis

Com amor

Pati Geiger

Blog pessoal: IDEIAS NO FORNO

Instagram: @PATRICIAGEIGER

Fan Page: PATRÍCIA GEIGER

Twitter: @patigeiger