E SE EU ME CASAR COM UM “NÃO CRENTE”?

Uma das
coisas que o inimigo tem colocado fortemente na mente de muitos, é a ideia de
que dentro da igreja não existe ninguém interessante para elas.
Muitos
acham uma bobeira a ideia de desestimular os cristãos a se casar com pessoas
que não professam a mesma fé. No entanto, há fortes razões para essa regra
bíblica:


1- A outra
pessoa não a entende da mesma forma que você

Se Jesus
ocupa uma posição central em sua vida, isso significa que seu parceiro não
entende você de fato, pois Jesus não é o centro da vida dela. Você, em todo
tempo tem Jesus como foco central da sua vida. A outra pessoa não. Assim, você
viverá junto com alguém que tem prioridades diferentes, centro de vida
completamente diferente.

Abraão,
quando foi mandar escolher a mulher para seu filho, colocou como premissa
buscá-la entre os parentes, e não alguém daquela terra estranha onde estavam.
Paulo deixa
claro quando diz para não nos “colocarmos” sob jugo desigual com “os
incrédulos”.

2- Você
tomará decisões que fugirão inteiramente à compreensão do seu cônjuge
Essa área
da sua vida será sempre obscura para ele(a). Seu cônjuge, pode até te
respeitar, mas não irá te entender. isso é um problema, pois uma das bases para
o casamento sadio é a compreensão, não somente o respeito.

3- Há dois
caminhos a seguir

1) Você terá de se tornar cada vez
menos transparente
Não conseguirá externar, de forma completa e livre, o que sente por Cristo,
quando coisas boas acontecerem a vocês. Só você irá glorificar a Deus! Mas não
poderá fazer isso de forma clara, pois não haverá harmonia na manifestação de
alegria entre você e seu cônjuge.
Ou seja, você acabará falando menos de Jesus, externando menos o seu amor por
Cristo em seu lar, o que traz uma situação de desconforto para quem ama a Deus
sobre todas as coisas.

2) Você removerá Cristo da posição
central em seu consciente
Ao se tornar cada vez menos transparente em seu relacionamento, você acabará
deixando de lado a posição que Ele ocupa em seu coração e em sua mente.

O conhecido
“Jugo Desigual” é um veneno mortal. Ele pode acabar com sua vida e fazer com
que você seja amargurado(a) por todo o período do seu relacionamento.
Porém,
todos nós estamos livres para fazermos a escolha da pessoa com quem iremos
casar. Coloque isso como crivo principal antes de se abrir a um relacionamento.

P.S: Essa semana praticamente toda estamos falando sobre esse assunto em nossa página no facebook. Acesse lá e confira: www.facebook.com/doolharaoaltar

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

leandro