ENCONTRAR O GRANDE AMOR – Como? Onde? Quando?

Onde posso encontrar o grande amor da minha vida? Existe um local específico pra isso? Será que estou sozinho porque preciso mudar minha rotina para algo novo acontecer?A culpa é minha por estar sozinho há tanto tempo?Na hora de conhecer alguém, devo usar aplicativos ou as redes sociais pra me dar aquela forcinha?
Perguntas como essas fazem parte da vida de muitos solteiros que estão esperando um amor em Deus. No artigo de hoje, falaremos a pessoas que já estão sozinhas há algum tempo, mas que não têm nenhuma perspectiva de encontrar alguém interessante em seu convívio social. Embora esse pareça ser um tema simples para jovens e adultos, temos recebido e-mails de muita gente não sabendo lidar com esse tipo de situação pois, na maioria das vezes, elas não têm vivido as orientações que Deus dá em Sua Palavra.
Se você também está nessa situação, confira a seguir 5 orientações que poderão ajudá-lo a conhecer uma pessoa de Deus.

1) ONDE DEVO PROCURAR MEU GRANDE AMOR? Não existe um lugar específico pra isso. Mas você precisa ter em mente que um cristão de verdade normalmente frequenta locais legais, edificantes, e, como consequência, é muito possível que em um desses lugares ele conheça alguém com os mesmos princípios e valores cristãos. Passeios, festas, shopping centers …tudo isso é muito bom – e até propício para conhecermos pessoas. Mas é importante usarmos de bom senso em relação a certos lugares e ao público que os frequenta. Obviamente não existe uma regra específica pra isso, mas lembre-se: há festas e festas; há pessoas e pessoas. E que você saiba a diferença entre umas e outras. Além disso, Deus faz o inusitado (se essa for a vontade dEle). Por que digo isso? Porque eu, por exemplo, ainda solteiro, ia a muitas festas e, quando me converti, passei a ir também a outras igrejas, acreditando que em alguma delas eu encontraria o meu amor. Mas, para a minha surpresa, conheci a Claudinha (minha esposa) no curso de inglês! Vai entender o agir de Deus?!

O importante é você não procurar em lugares mundanos. Muitos solteiros caem nesse erro de frequentar esses locais porque, segundo eles, não encontram alguém interessante nas igrejas. Um dia desses, uma jovem nos escreveu dizendo que é difícil achar um homem fiel e comprometido. Então, quando lhe perguntei ONDE ela estava procurando esse tipo de homem, ela me respondeu que às vezes frequentava bares e eventos de pagode. E agora, eu lhe pergunto, leitor: “Você acha que vai encontrar alguém fiel, comprometido com o Reino, em ambientes como esses? Acha mesmo que nesses lugares você encontrará um príncipe de Deus (ou uma serva do Senhor)?”. Não se iluda! Me perdoe se estou sendo invasivo, mas fica aqui a minha experiência: antes de eu me converter, vivia e trabalhava nesses ambientes mundanos. Só queria saber de boates, mulheres, bebidas… e, se não fosse a mão do Senhor a me resgatar, eu teria sofrido terríveis consequências dessa péssima escolha. Esses são locais até atraentes aos olhos humanos (afinal, se não fossem, não estariam lotados, não é mesmo?). Mas quem tem o Espírito Santo sente um prazer infinitamente maior em estar em santidade do que em frequentar ambientes onde se assentam escarnecedores. O Salmo 1.1-3 diz: “Bem-aventurado o homem que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite. Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto no seu tempo; as suas folhas não cairão, e tudo quanto fizer prosperará”.

2) COMO SABER SE ESTOU NO LUGAR CERTO? Defina as suas prioridades em Deus, e você terá a resposta a essa pergunta. Já falamos que não existe um local específico pra conhecer alguém de Deus, mas você precisa saber de outra verdade: suas prioridades no Senhor determinarão o lugar certo para que isso aconteça. Você precisa se perguntar: “Os locais que tenho frequentado são da vontade de Deus?”. Não desanime ou pense que suas chances diminuirão se, por acaso, o Espírito Santo o orientar a estar em um local vazio ou não tão atraente ou glamouroso. Se essa é a direção de Deus, essa deve ser a sua prioridade – e o mais Ele fará. Às vezes, sua prioridade pode ser afastar-se temporariamente dos amigos para concluir os estudos ou cuidar dos pais enfermos. Saber discernir e priorizar esses direcionamentos são atitudes que irão ajudá-lo a descansar seu coração em Deus. Mesmo que o tempo de espera pareça demorado, e as possibilidades, inexistentes, o que vale é colocar em primeiro lugar o Senhor e a Sua justiça (Mateus 6.33). Às vezes, você acha que nada acontecerá, mas Deus é supercriativo para surpreendê-lo em bênçãos que você jamais imaginou. Ele sabe o tempo e o momento certo para cada propósito em nossa vida. Lembre-se: nem todos que estão se divertindo, beijando na boca, namorando têm nas mãos a bênção de Deus. Nem todo sorriso é verdadeiro.

3) AS REDES SOCIAS SÃO O MELHOR MEIO PARA EU CONHECER ALGUÉM? Em nosso último artigo, falamos sobre a importância de alguém conhecer muito bem uma pessoa no namoro antes de querer se casar com ela. E esse princípio também vale para que você venha conhecer muito bem seu(sua) pretendente antes de você decidir iniciar o namoro. Agora, se já é difícil conhecermos o caráter e a motivação de alguém “na vida real”, o que dizer de conhecer alguém virtualmente? Sou fã de redes sociais e de tecnologia, mas é preciso saber usá-las com responsabilidade (e nem todo mundo age assim). No entanto, por mais que elas sejam ferramentas muito interessantes, sou totalmente contra usá-las para iniciar um romance com uma pessoa DESCONHECIDA. Já reparou que colocamos sempre as melhores fotos em nosso perfil? Isso porque só queremos mostrar o lado “belo”. Só que muito mais importante que o aspecto físico é o caráter, é a alma. Por isso, não aconselho essa prática. Outro problema nesses romances virtuais é que as pessoas vivem tentando impor na vida do outro uma projeção daquilo que elas gostariam de ter ou ser. Engana-se quem acha que o namoro é escrito apenas com as melhores cenas de uma comédia romântica. Um romance abençoado por Deus na vida real não se isenta de cuidados e desafios; nem tudo é 100% agradável. Eu conheço pessoas que iniciaram um romance pela internet, se casaram e são felizes, mas isso não pode ser uma regra. Você prefere brincar com isso e se arriscar? A vida nos mostra que muitas pessoas sofrem por falta de orientação do Espírito Santo. Existem outros motivos que não me levam a aconselhar o namoro virtual, mas deixo-os para uma próxima oportunidade. A lista é grande!

4) O TEMPO ESTÁ PASSANDO, E ATÉ AGORA NADA! COMO POSSO CONHECER ALGUÉM? Além de orar ao Senhor? Descanse o seu coração e… DIVIRTA-SE! Todo cristão precisa separar um tempo de qualidade e lazer. Isso é justo e louvável a Deus. Ao contrário do que muitos pensam, crente se diverte, sim! Desde que não seja de modo impuro ou pecaminoso. Talvez as pessoas rotulem a diversão como algo impróprio porque muitos no mundo só querem ter uma vida de lazer, e não uma vida de trabalho e responsabilidades. Precisamos discernir os fatos. Mas as pessoas que são responsáveis em Deus devem separar um período na semana para fazer algo de que goste e que seja edificante. Saia pra assistir a um bom filme ou bater papo com amigos em ambientes saudáveis; conheça locais diferentes, visite a igreja de um(a) amigo(a) etc. Podemos e devemos fazer isso, desde que não deixemos de cumprir nossas prioridades, nossos compromissos já firmados em Deus. É necessário esse equilíbrio entre o lazer e as nossas responsabilidades. Além disso, conhecer lugares diferentes nos traz uma real possibilidade de conhecermos novas pessoas.

5) JÁ CONHECI ALGUÉM. POSSO SAIR BEIJANDO? Calma! Antes de tudo, estabeleça uma amizade com essa pessoa. No artigo de hoje, falamos sobre encontrar uma pessoa interessante para desenvolver um futuro romance. Não confunda CONHECER alguém com NAMORAR alguém. O que eu quero dizer é que você deve evitar que o romance seja iniciado assim que conheceu a pessoa, pois um namoro cristão deve começar primeiramente com oração (entre você e o Senhor somente) e o desenvolvimento de uma amizade. Já explicamos isso em outro artigo que escrevemos. Vale dar uma conferida sobre quando devemos nos declarar para alguém. Se você ainda não sabe, acesse o link CHEGOU O MOMENTO DE VOCÊ SE DECLARAR?.
Por fim, quero dizer que não tenho a pretensão de substituir o aconselhamento de sua liderança espiritual local; de modo algum! Mas, aliado a ele, também incentivo você, leitor, a interagir comigo. Sinta-se à vontade para escrever para mim, pelo e-mail relacionamentojovemcristao@gmail.com, e farei o possível para responder-lhe o quanto antes. Conte-me sua experiência para que, por meio dela, outras pessoas possam ser edificadas.
Até a próxima!
Marco Aurélio
Marco Aurélio Vieira, casado com Claudia Lins, é formado em Administração. Convertido há 15 anos, é membro da Igreja Evangélica Congregacional de Bento Ribeiro (IECBR) e trabalha ativamente com liderança de célula, aconselhamento (sobretudo na área sentimental cristã) e como professor de escola bíblica.
Claudia Lins, casada com Marco Aurélio Vieira, é nascida e criada no Evangelho, e tecladista no ministério de louvor da igreja em que congregam. Formada em Letras, com pós-graduação em Latim e em Mercado do Livro, atua como revisora de textos e produtora editorial

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

Marco e Claudia

Marco Aurélio Vieira, casado com Claudia Lins, é formado em Administração. Convertido há 15 anos, é membro da Igreja Evangélica Congregacional de Bento Ribeiro (IECBR) e trabalha ativamente com liderança de célula, aconselhamento (sobretudo na área sentimental cristã) e como professor de escola bíblica. Claudia Lins, casada com Marco Aurélio Vieira, é nascida e criada no Evangelho, e tecladista no ministério de louvor da igreja em que congregam. Formada em Letras, com pós-graduação em Latim e em Mercado do Livro, atua como revisora de textos e produtora editorial. Marco Aurelio e Claudia Lins escrevem quinzenalmente aos domingos.