Estou gostando de alguém! E agora, o que faço?

A cena é bem comum entre os solteiros: de repente, você conhece uma pessoa bonita, atraente, e descobre que ela também é solteira.

E aí, o que você faz? Já traça planos acreditando que vale a pena investir em um futuro relacionamento, ou foge de medo por não mais acreditar mais em um amor de verdade?

Pois bem, na verdade muitos solteiros vivem na expectativa de encontrar um grande amor, mas, quando esse amor parece chegar, não sabem como agir de forma santa, pura e agradável a Deus.

Não há pecado nenhum em você, solteiro, sentir atração por outro solteiro (aliás esse é um tempo muito bom que todos vocês podem experimentar). O problema, porém, pode estar na maneira como você lida com tudo isso. É preciso agir com sabedoria e discernir os fatos pra não ser guiado somente pela emoção do coração, sem medir as consequências.

O namoro entre pessoas que servem ao Senhor deve ser bem diferente daquele entre não cristãos. Só que, infelizmente, em muitos casos, não se vê diferença entre um e outro relacionamento – é quando se usa o título de “namoro cristão” somente como um rótulo pra camuflar o comportamento de pegação e sexo que muitos solteiros adotam.

Quanta mágoa, dor, inimizade, fofoca, defraudação e falta de santidade pode ser evitada se as pessoas primeiramente buscarem o discernimento antes de abrirem o coração pra alguém!

Vejo inclusive líderes dentro da igreja incentivando erradamente a galera a ficar, a ir namorando “pra ver no que dá”, e dizendo que namorar não trará grandes consequências, afinal “os dois são jovens e da igreja”… Depois não entendem por que a maioria já teve experiências sexuais antes do casamento (Provérbios 6.27).

Sabe por que o discernimento é imprescindível? Porque o namoro cristão envolve basicamente três coisas de grande valor: o seu coração, o coração da outra pessoa e os propósitos de Deus pra a vida de cada um dos dois.

Portanto, se você está interessado em alguém, tente discernir os fatos antes de alimentar algum sentimento em seu coração. As perguntas a seguir ajudarão você nesse propósito!

  1. Estou realmente preparado pra assumir um compromisso sério? É importante você saber a real intenção do seu coração: se casar ou só suprir uma carência mal resolvida, por estar sozinho?

 

  1. A pessoa por quem você sente atração (também) está preparada pra assumir um compromisso sério ou só quer passar o tempo com você? Existem pessoas até com boas intenções, mas que ainda não estão em um bom momento pra ser envolver com alguém. Já vi gente na igreja caindo em cima de todo novo convertido interessante que chegava, só que este chegava ao Evangelho justamente por estar com alguma ferida emocional. Aí, em vez de as pessoas “cascudas” na igreja se comportarem como se deve, fizeram justamente o contrário, confundindo ainda mais o coração de quem acabou de se aproximar de Deus. Aliás, abrindo parênteses aqui, que papo é esse de pessoas que só querem discipular gente interessante e bonita? Certa vez, um irmão veio me pedir cobertura espiritual porque queria “evangelizar” uma jovem na casa dela. Fala sério! Se ele quer que ela seja mesmo evangelizada, deve deixar que alguma irmã faça isso.

 

  1. Será essa pessoa um propósito de Deus pra minha vida? Às vezes, você pode até encontrar uma pessoa de Deus, mas ela pode não ser de Deus pra você. Quando solteiro, conheci uma jovem bem interessante, de Deus mesmo, mas fui orar perguntando especificamente se eu devia me aproximar dela. E o Senhor falou claramente pra mim que Ele tinha uma pessoa melhor pra cumprir os propósitos dEle na minha vida. Peça a Deus Sua direção também nesse sentido.

 

Por fim, muitos erram por primeiro entrar em um relacionamento pra depois orar. Mas o certo é você manter uma vida de oração bem antes de começar o namoro. Aos poucos, o seu coração vai sendo mais lapidado por Jesus, e você conseguirá mais facilmente perceber se a pessoa que está se aproximando de você é de Deus pra a sua vida ou não. É você quem mais se beneficia com isso tudo. Medite nessas palavras, e que Deus abençoe a sua vida!

Fica a dica de um ótimo vídeo do nosso Pr. Nelson Jr. aconselhando  os solteiros a terem uma vida prática de oração. Não deixe de assistir!

https://www.youtube.com/watch?v=vfP_r4yaHpU&t=9s]

 

Dúvidas, críticas ou sugestões de temas, escreva para o e-mail: <relacionamentojovemcristao@gmail.com>, e farei o possível para responder-lhe o quanto antes.

Até a próxima!

Marco Aurélio

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

Marco e Claudia

Marco Aurélio Vieira, casado com Claudia Lins, é formado em Administração. Convertido há 15 anos, é membro da Igreja Evangélica Congregacional de Bento Ribeiro (IECBR) e trabalha ativamente com liderança de célula, aconselhamento (sobretudo na área sentimental cristã) e como professor de escola bíblica. Claudia Lins, casada com Marco Aurélio Vieira, é nascida e criada no Evangelho, e tecladista no ministério de louvor da igreja em que congregam. Formada em Letras, com pós-graduação em Latim e em Mercado do Livro, atua como revisora de textos e produtora editorial. Marco Aurelio e Claudia Lins escrevem quinzenalmente aos domingos.