Imagem e semelhança de Deus

Estava refletindo aqui sobre algo que li: “Se você é Cristão, lembre-se de que as pessoas julgam seu Senhor conforme o que vêem em você”. Na bíblia quando Deus criou o homem é citado o seguinte versículo em Gênesis 1:27 “E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.” Em Filipenses 1:21 Paulo fala “Por que para o mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho.”

Contudo isso penso na responsabilidade em que nós Cristãos carregamos em sermos feitos realmente a imagem e semelhança de Deus. Penso no que a bíblia diz que por meio de um só homem entrou o pecado no mundo, mas penso mais quando diz que por meio de um todos tiveram vida e reconciliação com Deus.

Quando fizemos a escolha em nos tornarmos um com Cristo e entregarmos a nossa vida para ele, era para que possamos fazer tudo conforme a vontade do Pai, vivermos debaixo de uma soberania que vem do alto. Quando entregamos algo é para que aquilo não seja mais nosso, mas que seja de quem nós entregamos e no caso, a nossa vida sendo vida de Cristo.

Deus muitas vezes não vai levantar duzentos, ele levantará doze, Deus muitas vezes não irá levantar doze, ele levantará um no meio de uma multidão, e esse um para que traga conhecimento e ministre a mensagem da Cruz, que é a de negar a nós mesmos, e vivermos dominados pelo Espírito Santo.

Penso que muitas vezes estamos construindo uma torre alta para ver se o nosso nome consegue ser mais elevado do que o do Cordeiro, “preciso ser valorizado”, “pessoas precisam me aceitar”, “preciso adquirir muitos bens”, “preciso casar”, “minha opinião precisa ser mostrada”… Entre muitas outras coisas, enquanto as últimas palavras deixadas por Jesus são esquecidas: “vão e façam discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a obedecer a tudo que eu lhes ordenei. E eu sempre estarei com vocês, até o fim dos tempos.”

Vejo hoje pessoas julgando Cristãos e não o julgam pelo bem que fazem, julgam pelos erros e tudo quanto é contrário a sua vontade. Não estamos aqui amar o pecado, e sim o pecador. Não julgo quem pede por necessidade em suprir algo, e muito menos ao que mente para suprir um vício, pois de Deus vem o julgamento. Não julgo a quem se diz certo, ou ao que diz ter razão, pois a verdade está em Deus.

Que possamos viver crucificados com Cristo, e não viver para nosso eu, mas fazer Cristo viver em nós. Que nossa vida na carne seja pela fé no filho de Deus que nos amou, e se entregou a nós, negando a si mesmo.

Se fomos feito a imagem e semelhança de Deus e se as pessoas julgam a Deus pelo o que enxergam em nós, que possamos viver como um com Cristo, como um que foi levantado para fazer a vontade de Deus. O Senhor escolheu nos amar, mesmo sendo nós pecadores, ele nos escolheu e deu amor para que possamos amá-lo.

Exerça sua cidadania de maneira digna do evangelho de Cristo, permanecendo firme em um só espírito, lutando unânimes pela fé evangélica, sem de forma alguma deixar se intimidar pelos que se opõem a vocês, pois para os que não aceitaram a Cristo isso é sinal de destruição, mas para nós isso é salvação que vem de Deus, quem nos deu o privilégio de não apenas crer em Cristo, mas também sofrer por ele.

ESTE ARTIGO É UMA CONTRIBUIÇÃO DE NOSSO LEITORES.

Autora: Thais Cavalari Rosa, Sou Thais Cavalari Rosa, tenho 23 anos, sou formada em Designer Gráfico. Moro em Londrina e sou líder de célula na Cristianismo Decidido.

Email: thais.cavalari.rosa@gmail.com

Facebook: www.facebook.com/thais.cavalarirosa

Site: www.behance.net/ThaisCavalari

Instagram: www.instagram.com/cavalarithais

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

Redação Eu Escolhi Esperar