Já era, ele me chamou de AMIGA.

Uma semente é pequenininha, nasce discreta, as vezes nem percebemos.. E ela vai crescendo, e quando menos se espera surge a sombra, os frutos e feitos de uma linda arvore frondosa.  Assim são os sentimentos.
 
Uma vez, no fim de uma ministração uma moça me compartilhou algumas coisas da vida dela, e eu perguntei: – "Mas porque você está tão desacreditada com isso?" E ela respondeu: – "Ele me chamou de AMIGA".

Já percebeu o quanto a palavra "Amigo" assusta algumas pessoas quando se tem alguma "intenção especial"?

 
Isso acontece porque a impressão que da é que a pessoa colocou um óculos espelhado, fez cara de artista e  está dizendo em alto e bom som: – "Game over, Brother, no way", Risos.
 
Nem sempre assim. Matamos nossa esperança levados pelo medo do desapontamento. Quantos casais eu conheço que são frutos de um.. "Somos só amigos, tá? amigos para sempre lá lá lá lá ia" Meus pais, inclusive. E realmente, até hoje são casados e TAMBÉM amigos 😉
 
Uma vez escutei uma frase, acho que é da Sara Sheeva, ou foi mencionado por ela, "Se não serve pra ser amigo, não serve pra ser marido". Achei o máximo. Eu sempre achei que bons relacionamentos começam de boas amizades.
O problema é que hoje em dia, comumente ultrapassamos a fase da amizade, aquela "despretensiosa", com a liberdade de ser você mesma, sem argumentos vazios pra tentar ser o que você não é.

 
O pastor Josué mencionou algo especial em uma das ministrações que tive a alegria de assistir, dizia mais ou menos assim "Quando estamos apaixonados maximizamos qualidades e minimizamos defeitos", e não é que é mesmo. Risos. Uma amizade balanceada de boas conversas, muitos sorrisos, alguma briguinha, se for o caso, com a liberdade de concordar e descordar etc .. É fundamental pra você conhecer a pessoa. Aquilo que você investe tempo, toma espaço no seu coração.

Como amigos, podemos ser muitas outras coisas (inclusive inimigos) então, se dê a chance de ultrapassar as barreiras de uma impossibilidade e gere uma oportunidade. Isso tem até a ver com maturidade, costumamos estar no 8 ou 80, não conseguimos andar na moderação de atitudes equilibradas.

Nossas emoções são mestres em nos dar uma rasteira, mas, elas não são as grandes vilãs da história, na verdade, não nos conhecemos a ponto de poder domá-las (e só nos conhecemos de fato quando conhecemos DE FATO o Senhor Jesus, dai, Ele se encarrega de dizer quem somos). Eu não concordo com "siga seu coração" sempre, porque ele é enganoso, sou da política de deixar sempre tudo á mercê da vontade de Deus. Mas, também não concordo com o fato de que você sempre precisa "sentir" alguma coisa pra fazer algo que julga certo. Uma vez conheci um irmão de uma igreja da minha cidade desempregado a 3 anos, ele me contou a historia dele e eu tentei ajudá-lo entregando o currículo dele em alguns lugares, pois ele tinha filhos e uma casa pra suprir. Dai uma senhora dessa mesma igreja esbarrou comigo no corredor, no fim de algum culto, e disse: – "Filha, sei sua intenção boa, mas não o ajude mais, ele precisa se ajudar". Não entendi nada na hora. Depois de alguma dias descobri que ele NUNCA tinha entregado um
do currículo durante todo esse tempo desempregado e que só tinha feito um porque eu tinha pedido pra poder distribuir. Ele não tinha deficiência física nem nada, simplesmente nunca foi. Fui perguntar dele o porque de toda essa negligência, e ele disse: – "Não senti de Deus pra ir". Mil perdoes mas pelo amor, ein. Quase que eu falo "Ah, e o senhor SENTIU pra ficar o dia com o traseiro grudado no sofá assistindo novela?".
Tem coisas que honestamente (..)

 
Muitas coisas na nossa vida só não acontecem porque nós deixamos levar por possibilidades. Acreditamos piamente nos nossos "achismos", os tomamos como verdade absoluta ou pior, tiramos como lei o senso comum da opinião alheia.
A maior parte do tempo vivemos uma vida que não é nossa para tentar ter o que também não é pra nós.

 
Ec. 3, Tudo, TUDO.. Tudinho tem seu tempo determinado, e como uma amiga e que eu tenho o prazer de discipular (aprendo muito com cada uma delas), a Verônica (Oliveira), me disse uma vez "alguns hiatos são necessários para um encontro especial".
Aprenda a viver cada dia, cada fase, não deixe que o medo de perder te tire a chance de tentar.


A vitória está na incapacidade de desistir.

 
Usufrua dos seus dias, seja sincero sem ser rude, verdadeiro sem ser cruel, direto sem ser mal educado.. cada momento é único.

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

Marjorie Leite

Entre Príncipes e Princesas| Missões - Ribeirinhos do Amazonas