Mãos na massa

 

(Lucas 6.47-49)

Haviam dois pedreiros que saíram para procurar um bom terreno para construir suas casas.
 

O primeiro homem tinha pressa em construir sua casa. Ele achou um terreno plano, mas de areia fofa, e pensou que lá seria fácil construir uma casa. Ele construiu uma linda casa que todos admiravam.

 
 O segundo homem, que também saiu para procurar um terreno, encontrou uma grande pedra. Ele pensou que seria demorado construir uma casa em cima daquela pedra, mas a casa também seria mais forte e segura. Assim ele começou a sua construção, que levou muito tempo, mas no final a sua casa também ficou muito bonita.

Os dois homens viviam bem, até que um dia veio uma tempestade.

  1. A casa que foi construída sobre a rocha suportou os ventos, a chuva, e as águas.
  2. A casa que foi construída sobre a areia desmoronou e nunca mais se ouviu falar dela.

Jesus disse: "Quem ouve a Palavra de Deus, mas não a pratica, se parece com o homem que construiu a sua casa sobre a areia". (Lucas 6.49)

———————————————————————————

Queridos notem que grifei alguns pontos nesta parábola. Agora vamos analisá-los.

01 -Todos os dois pedreiros QUERIAM construir uma casa e SAÍRAM PRA PROCURA UM TERRENO. Todos nós saímos atrás de terrenos(Homens e Mulheres) pra construir um lar, essa é a primeira verdade.
 
02- Pressa. a) O primeiro pedreiro TEVE PRESSA EM CONSTRUIR e BUSCOU um local de FÁCIL CONSTRUÇÃO, e rapidamente construiu seu lar, o qual ficou LINDO e era ADMIRADO por todos. b) O segundo pedreiro NÃO TEVE PRESSA EM CONSTRUIR e encontrou uma local de DIFÍCIL CONSTRUÇÃO, e lentamente construiu seu lar o qual ficou LINDO e era ADMIRADO por todos.
 
03-A tempestade. Se não tivesse ocorrido os ventos, a chuva, e as águas, as duas casa teriam permanecido intactas. Aprendemos que a tempestade, ou seja, as adversidades revelam onde um lar foi e esta firmado, se o terreno foi bom ou ruim. Um terreno ruim, arenoso, logo desaba. Não importa a beleza do lar, pois as duas casas eram lindas. O que mais importa é onde elas etão firmadas, o seu fundamento. Aprendemos que a pressa atrapalha a procura de um bom local de construção, e que o local de construção é tão importante quanto o processp de construção(a casa). Então mãos a massa construtores, porque estamos EM OBRAS

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 

Gustavo Pestana

Sou natural de Ilhéus-Ba, formado em psicologia e graduando em teologia. Membro da igreja batista da Urbis na minha cidade. Amo escrever e compartilhar o amor d Deus. No momento estou trabalhando com missões urbanas. Também trabalho em dois projetos sociais: Um que com crianças com câncer e um com crianças carentes.