Meu amor à moda antiga

Eu sempre sonhei com um amor à moda antiga.

Sonhei em amar de uma forma que só Deus entende. Sonhei e orei cada dia pra encontrar o príncipe, não aquele do cavalo branco, mas aquele que dentre todos os outros sabe me fazer sorrir. Aquele que sabe quando estou bem e mal, sabe o que fazer quando me desespero e o que falar quando tudo vai mal. Aquele que sabe me acalmar quando vem as tempestades e sabe gargalhar comigo quando as situações mais felizes ou inesperadas acontecerem.

Sonhei em ter alguém que meus pais amassem, sonhei em fazer essa pessoa sorrir. Em fazê-la se sentir a pessoa mais amada e valorizada do mundo. Sonhei e sonho a cada dia em encontrar o amor. O amor não é perfeito mas é uma escolha e sonho com o dia que direi sim, eu escolho você.

Amar é se entregar, é muitas vezes se colocar em segundo lugar. Amar é atitude, amar é gesto, amar é verbo.

E dentro de tudo que definiria amor e amar também existe sentimento.

Amor não é paixão. Paixão é passageira, é momentânea, nos faz de cegos e de “doidos”. Já o amor, o amor é consciente. O amor é paciente. O amor é 1Co 13. (Tudo espera, tudo suporta, tudo crê.)

O amor consiste em ser verdadeiro, em ser honesto.

Como diz a música “Á moda antiga” : “me fale seus segredos, me conte os seus medos e pode deixar, te contarei os meus”. Amar é confiar, é compartilhar.

Nem todo dia será um paraíso mas terão dias que serão como um. Não quero alguém que me roube o chão e tire meu ar. Quero alguém que me dê um chão, um lugar só nosso e me dê ar pra quando for preciso voar.

Talvez foi tudo isso que quis passar com o meu novo clipe “’A moda antiga”. Tudo que sempre sonhei e ainda sonho.

Não desista do amor, não desista de amar e de acreditar.

Deus tem sim alguém que irá te surpreender e no momento certo te ensinar o que verdadeiramente significa ser amado/amada.

beijos e não deixe de conferir o clipe.

Link: https://www.youtube.com/watch?v=QhagPPqb40k


RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

Lu Alone