Ontem eu vi Jesus


Jesus é mais normal que a gente prega e pensa. Muitas vezes esquecemos que Jesus, andou de barco, dormiu, ficou irado com a bagunça no templo, ficou sem dinheiro pra pagar impostos e mandou um discípulo pescar um peixe pra pagar o tributo. Eu vi Jesus querendo “chutar o baldo” perto da crucificação, desistir de tudo. Eu vi Jesus tendo dificuldades com comida e chorou ao saber que seu amigo morreu, ele também trabalhou com seu pai e ajudou sua mãe.

A bíblia relata Isaias 53.2-4:

“Ele cresceu diante dele como um broto tenro e como uma raiz saída de uma terra árida e estéril. Ele não aparentava qualquer formosura ou majestade que pudesse atrair os seres humanos, nada havia em seu aspecto físico pelo que pudéssemos ser cativados. Pelo contrário, foi desprezado e rejeitado pelos homens, viveu como homem de dores, experienciou todo o sofrimento. Caminhou como alguém de quem os seus semelhantes escondem o rosto, foi menosprezado, e nós não demos à sua pessoa importância alguma. E no entanto, suas dores eram as nossas próprias enfermidades que ele carregava em seu ser. Sobre seu corpo levou todas as nossas doenças; contudo nós o julgamos culpado e castigado por Deus. Pela mão de Deus ferido e torturado. Mas, de fato, ele foi transpassado por causa das nossas próprias culpas e transgressões, foi esmagado por conta das nossas iniquidades; o castigo que nos propiciou a paz caiu todo sobre ele, e mediante suas feridas fomos curados.”

Eu vi que Jesus entende todas nossas dores, angustias, amarguras e alegrias. Isso porque ele teve uma experiência humana, porém inúmeras vezes só enxergamos ele como um Deus que só morou nos altos céus. Então vamos chamar Jesus pra caminhar, jogar gude, tomar banho de piscina e comer churrasco, devemos ter o habito de compartilhar nossos dias com ele, pois ele nos entende!

Gustavo Pestana
Gustavo Pestana Facebook Twitter Imprimir

Sou natural de Ilhéus-Ba, formado em psicologia e graduando em teologia. Membro da igreja batista da Urbis na minha cidade. Amo escrever e compartilhar o amor d Deus. No momento estou trabalhando com missões urbanas. Também trabalho em dois projetos sociais: Um que com crianças com câncer e um com crianças carentes.

seta

CONHEÇA NOSSA LOJA ONLINE