Os ciclos da vida

Nossa vida é feita de ciclos, tempo determinado para vencermos certos desafios. Ao final de um ciclo surgem dois caminhos: se não conseguimos vencê-lo, repetimos o ciclo novamente, mas se tivermos cumprido o seu propósito passamos a uma nova fase.

Há pessoas que sentem que nunca conseguem sair do mesmo ciclo… São sempre os mesmos problemas, as mesmas circunstâncias, os mesmos argumentos…nada muda! Me senti assim durante muito tempo, descobri que na verdade eu estava andando em círculos no deserto porque não conseguia compreender e corresponder com as expectativas de Deus para aquele tempo. Ao me dispor para as mudanças que Deus tinha em meu temperamento, principalmente em aprender a crer muito mais nEle do que nas circunstâncias, consegui passar para a nova fase da minha vida. Hoje estou vivendo um momento mágico: a realização profissional e os preparativos para o meu casamento. Quem vê o meu testemunho pode parecer tudo tão lindo e fácil, mas na verdade estas conquistas custaram muito caro. Custaram muita renúncia ao meu próprio eu, muita confiança em Deus e muita mudança no meu temperamento. As pessoas que mais sofrem com a espera são as mais temperamentais, mais conhecidas como pessoas de personalidade forte. Isso porque temos uma característica de autossuficiência e independência de forma que acabamos fazendo as coisas sempre do nosso jeito, sem saber se aquilo era realmente da vontade de Deus.

Semana passada meus pastores postaram um texto muito interessante no facebook: “Existe uma porção de cada história que ninguém conta. Quando estamos felizes pelo feito alcançado, ocultamos ainda que não intencionalmente algumas partes difíceis que passamos até chegarmos lá. Esquecemos das dores ou as vemos menores do que elas foram no momento.No entanto se o resultado é ruim, tudo se torna péssimo! As conquistas e as alegrias do caminho ficam diminuídas. Por essas porções que não contamos nos tornamos menos felizes. Se soubermos dar valor a todas as porções, boas ou ruins, as vitórias serão mais plenas e os fracassos menos doloridos”. (Prs. Daniel e Letícia Rivero)

Desta forma podemos refletir, o quanto precisamos valorizar cada ciclo da vida, seja nas dificuldades ou nas suas conquistas. Nunca podemos esquecer dos momentos de dor, pois eles foram o trampolim para o nosso crescimento. Ninguém muda quando tudo está bem. Precisamos das tempestades da vida para enxergar o quanto somos frágeis e precisamos desesperadamente da presença de Deus.

Em que ciclo da vida você está? Já identificou em que precisa mudar?

O fim do seu deserto só depende de você.

"O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã" (Sl 30:5)

E não somente isso, mas também gloriemo-nos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz perseverança, e a perseverança a experiência, e a experiência a esperança, e a esperança não desaponta, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado. (Romanos 5:3-5)

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

Simone Messina Gomez

Simone Messina Gomez. Funcionária pública e escritora cristã. Membro da Igreja Bastista Nacional de Santa Maria, RS. Autora do livro O valor de estar solteiro e de muitos outros que estão por vir! Casada com Pedro Tasca Gomez. Ministramos seminários sobre Vida de solteiro, Romance Real e Santidade. Contato: simessina@gmail.com