Pai

Hoje minha coluna está doendo bastante. Meus olhos amanheceram vermelhos, pois eu escorreguei no piso molhado da cozinha e bati com a cabeça na parede. Estou com um "galo" na testa. Onde tenho passado os últimos dias? Na cama ou na cadeira de balanço. Eu vejo meu pequeno filho entrar e sair de casa todos os dias e não falar comigo. Isso me corta o coração. Será que ele não fala comigo porque já cresceu e eu estou velho e não sei de nada sobre a vida dele? 

Sinto saudade de ouvir a voz de meu pequeno filho. Mas ele cresceu né. Precisa ser independente de mim, precisa seguir a vida sozinho. 

Quantas vezes temos nos relacionados com o PAI assim, temos tratado ele como um velho, um ancião, alguém que não devemos falar direito. Isso pode ser provado pelo nosso estilo de vida diário. Temos sentado no colo do PAI e compartilhado diariamente nossas alegrias e tristezas? Temos perguntado sobre os sonhos DELE e como vão as coisas na preparação de nosso novo lar? Deus quer ouvir aquela velha canção que ecoava diariamente de seu coração no primeiro amor!

Um dia em meio aos braços fortes e poderosos do Pai que muito lhe ama!

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 

Gustavo Pestana

Sou natural de Ilhéus-Ba, formado em psicologia e graduando em teologia. Membro da igreja batista da Urbis na minha cidade. Amo escrever e compartilhar o amor d Deus. No momento estou trabalhando com missões urbanas. Também trabalho em dois projetos sociais: Um que com crianças com câncer e um com crianças carentes.