Pare de sofrer por estar solteiro (a).

Oi gente, tudo bem ? Como vocês estão?

Hoje eu estava me arrumando para dormir, e de repente eu comecei a pensar na minha vida e agradecer a Deus por tudo que ele me deu e por quem eu me tornei. Sentimentos de amor, contentamento e gratidão invadiram meu coração e eu até me emocionei.

Parei para pensar em como é maravilhoso viver intensamente os nossos dias e nos envolver com as coisas de Deus. Hoje eu me sinto tão completa e feliz que eu até esqueço que ainda não me casei…rsrsrs Minha vida faz tanto sentido e vejo tanto propósito em tudo que eu faço que me sinto plena.

Precisamos entender de uma vez por todas que não precisamos de ninguém para sermos felizes. Deixar que o senhor supra todas as nossas carências faz toda a diferença. Quando o cônjuge vier, ele vai somar nisso tudo mas já existe uma plenitude e contentamento em nós.

Faz 5 meses que eu rompi um relacionamento que eu achei que ia dar em casamento, mas infelizmente não deu certo. Eu sofri o primeiro mês, mas logo depois parei para pensar que quando você olha para sua vida no todo, você percebe que não há tempo para ficar se lamentando quando tem tanta coisa mais interessante pra você fazer e pensar.

Na primeira semana, eu procurei ajuda psicológica para entender algumas questões que eu não estava conseguindo discernir sozinha, mas depois que eu entendi tudo que era necessário, eu recalculei a minha rota na direção do meu chamado em Deus e desde então estou vivendo os meus melhores dias, de verdade!

Voltei a estudar, conheci gente nova, fiz novos amigos no novo curso, descobri uma nova atividade, me matriculei numa atividade física que eu queria fazer há tempos, paguei uma consultoria de alimentação, cuidei do meu cabelo, comecei a fazer corrida, inventei um projeto no meu bairro, ajudo os jovens na minha igreja, trabalho, vou nos cultos…. Tudo isso pra mim faz tanto sentido que não me sobra espaço para sofrer e ficar me lamentando pelo que ainda não aconteceu. No meio disso tudo, Jesus está cuidando da minha família, do meu trabalho, e das minhas coisas.

Estou totalmente envolvida e comprometida com o meu desenvolvimento integral. Passei a desfrutar de coisas que eu não achava graça antes… Nós como solteiros, precisamos aprender a aproveitar esse tempo com sabedoria.

Eu não desisti do meu casamento, só deixei de fazer dele um Deus e as coisas começaram a fluir de maneira mais suave.

Se você anda sofrendo por estar solteiro, quero te ENCORAJAR a buscar ser a melhor versão de você mesmo em todas as áreas da sua vida. Estude, cuide do seu corpo, viaje, faça uma atividade que te dá prazer e PRINCIPALMENTE, deixe que o Senhor supra todas as suas carências e você será muito feliz.

Um forte abraço,

Carla Duarte

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

Carla Duarte

Solteira, 30 anos. Representante do EEE no Estado do Rio de Janeiro. Membro da Igreja Evangélica Congregacional de Bento Ribeiro, atuou na liderança de jovens por 4 anos e tem experiência com missões transculturais no Brasil e no exterior.