Passei na prova!

Passei na prova

Hoje quero compartilhar com vocês uma grande vitória que tive essa semana em minha vida e relacioná-la às provações que vivemos durante o tempo de espera. Todos nós passamos por diversos tipos de provas nessa vida que não só as da escola ou da faculdade, pois estas, comparadas as provas da vida são tão pequenas… As provas da vida são muito mais complexas porque não envolvem apenas um raciocínio lógico, mas envolvem sentimentos, circunstâncias, relacionamentos entre outros.

Nessa semana obtive, finalmente, minha aprovação na carteira de carro. Parece algo tão simples, mas posso dizer que foi uma das maiores provas da minha vida, demorei “apenas” sete anos para vencê-la, foi algo que custou-me muito, principalmente no esforço emocional.  Lembro-me quando fiz os primeiros exames práticos numa época bem difícil da minha vida, quando eu recém havia terminado um relacionamento que não era da vontade de Deus. Naquela época considero que eu era bastante imatura e quase sempre me deixava controlar por minhas emoções.  Continuei fazendo provas sem sucesso, então comecei a perguntar-me: Por que eu não conseguia algo que tantos conseguem? A resposta que Deus me levou a perceber era de que eu não tinha a maturidade emocional suficiente para passar naquele exame, pois a ansiedade, o medo de ser avaliada, o nervosismo eram emoções constantes em minha vida.

Se permitirmos sermos controlados por nossas emoções, jamais conseguiremos passar nas provas da vida, pois nossas emoções são inconstantes e nos levam a tomar decisões precipitadas ou até mesmo nos bloqueiam para algumas coisas. Na vida sentimental, a maturidade emocional é de extrema importância, por isso creio que Deus está nos provando nessa área para que possamos ser aprovados. Muitos de nós somos muito imaturos na área sentimental, queremos tudo para ontem, murmuramos por não ter alguém, nos deixamos levar pela ansiedade,  pela carência,  pela autopiedade, pelo medo e até mesmo pela angústia.

A pergunta que fica é: como vencer as próprias emoções? Isso é algo que cabe a cada um de nós. Temos o livre-arbítrio dado por Deus que nos dá o poder de decidir se iremos ou não ceder às nossas emoções. Não podemos controlar quando um sentimento surge, mas podemos controlar como reagiremos a este sentimento. Podemos dizer NÃO a ansiedade, a autopiedade, a raiva. Podemos escolher fazer o que é certo independente do que sentimos. Se estamos extremamente ansioso, podemos escolher não pecar, nem reagir com murmuração.  Ao invés disso podemos tirar o foco da nossa ansiedade e nos concentrar nas coisas que agradam a Deus.

Dominar as próprias emoções custa bem caro e não acontece de um dia para o outro. Demanda uma boa dose de perseverança e disciplina para levar nossos objetivos até o final. Quando nos propomos de todo o nosso coração e buscamos a ajuda do Espírito Santo, somos honrados de uma forma surpreendente. Não sei nem como explicar, mas quando entrei naquele carro para realizar a prova, num dia chuvoso, algo aconteceu, fui conduzida por Deus de uma forma tremenda e fui aprovada sem cometer nenhuma pontuação negativa. Glória a Deus!!!!

Tive que perseverar sete anos da minha vida para entender que eu poderia ter controle sobre minhas emoções e finalmente passar na prova.  Por isso, a aprovação na carteira de motorista significou para mim muito mais do que uma permissão para dirigir um carro, representou uma aprovação de  maturidade emocional e o principal: a aprovação de Deus em uma nova fase da minha vida.

 E você tem sido aprovado nas provas da vida ou tem se deixado controlar pelas emoções?

Muito melhor do que ser avaliado e aprovado por homens é ser aprovado por Deus!!!!

Que chegue o dia em que todos possamos olhar para trás e finalmente dizer: PASSEI NA PROVA!!!!

                                                                                                                                Grande abraço!!

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

Simone Messina Gomez

Simone Messina Gomez. Funcionária pública e escritora cristã. Membro da Igreja Bastista Nacional de Santa Maria, RS. Autora do livro O valor de estar solteiro e de muitos outros que estão por vir! Casada com Pedro Tasca Gomez. Ministramos seminários sobre Vida de solteiro, Romance Real e Santidade. Contato: simessina@gmail.com