Home Artigos Paz

Paz

1810
0

Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, a paz…
Gálatas 5.22

O amor é absolutamente a maior manifestação do cristianismo, por isso cremos como fruto do Espírito. Podemos entender os tempos que vivemos como distantes desta percepção de amor, onde as pessoas se rebelaram contra Deus, optam por relações egocêntricas, odiosas e antipáticas com o seu próximo. Se vivemos em tempos turvos, como podemos visualizar paz divina?

Resumir paz à aceitação pessoal seria um equívoco, pois está além disso. Não estou dizendo que paz pessoal não tem importância, mas acrescento o relacionamento interpessoal à esse pensamento. Alcançar paz é muito além de estar bem com o seu íntimo, é estar em par com Deus, com seu próximo.

É também na experiência comunitária que posso desfrutar da paz de Jesus que excede todo entendimento, que guarda nossos corações, parafraseando o Apóstolo Paulo em sua carta a igreja de Filipos (Filipenses 4.7). Se é no próximo que encontro a paz divina, significa que a experiência divina/cristã está além da paz pessoal. Não é somente eu, mas sim todos. Em favor do amor, em favor do fruto do espírito, o amor, que estamos em paz.

Estar em paz nesse caso é compreender que, todo e qualquer conflito, seja ele pessoal ou comunitário, é com fim de paz – Com Deus o final é sempre de paz. Não há paz sem conflitos. Paz não é ausência de conflitos, mas sim o diálogo com as diferenças que une propósitos e causas, transformando nossa convivência.

Ora, se a paz está além de mim e presente na experiência comunitária, como relacionar isso à espera em Deus? O apóstolo Paulo diz que, quem ama não é grosseiro nem egoísta; não fica irritado nem guarda mágoas (1 Coríntios 13.5). É lendo esta carta que percebemos que manifestar amor é não ser egoísta. Buscar a Deus como forma de compreender seu desígnios para nós é experimentar o amor além da forma pessoal.

Ame além de si. Manifeste a paz além de si, ela está presente em você, mas também no próximo. Transforme sua caminhada de espera em caminhos de paz.