Home Artigos Paz de Deus

Paz de Deus

714
0
Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus.
Filipenses 4:6,7

Ansiedade é algo que a gente vive, experimenta, mas não sabe exatamente explicar o que é. Existem várias abordagens que abrangem os campos da psicologia, psiquiatria, neurociência, mas não cabe aqui discuti-los a fundo. Nosso objetivo é identificar se ela manifesta na sua vida de maneira a prejudicar sua vida.

É interessante pensar que ansiedade aparece de maneiras diferentes em cada indivíduo. A manifestação final é diferente ou o comportamento quanto a isso, mas uma coisa é comum em todos: pensamentos explodindo de todas maneiras em nossas mentes.

O apóstolo Paulo descreve no texto de Filipenses que a distância entre a ansiedade e Paz de Deus que guarda nossas mentes e excede todo entendimento é a oração. Oração é a chave para muitos dilemas e situações de nossa vida. É ela que nos achega a Deus nos momentos de ansiedade e angústia, mas também nos de felicidade e gratidão.

A oração não deve ser ferramenta para o momento em que se percebe a ansiedade te alcançando. O próprio Jesus Cristo orava mais intensamente ao momento que se aproximava da crucificação (Lucas 22). Conversar com Deus, se achegar a Ele, reconhecer sua dependência em todos os momentos é desenvolver hábito da oração.

O hábito de conversar com Deus não somente nos momentos de aflição é reconhecer que a Paz de Deus que excede nosso entendimento guarda nosso coração em Cristo Jesus! De fato irão aparecer momentos que vamos desestabilizar emocionalmente, mas o meio de não deixar que isso domine é se achegar a Deus por meio de Jesus.

Guardar o coração em Deus é experimentar a paz d’Ele em nosso favor. Podemos ficar tristes, ansiosos, chorosos, mas há um Deus que já restaurou a nossa aflição por Jesus Cristo. Orar é reconhecer que somente o ato de Jesus Cristo em nosso favor é possível nos achegar a Deus para sua perfeita vontade.

Se aproxime de Deus, converse com Ele. Jesus Cristo já se justificou em favor de nossas aflições, cabe agora permitir que Ele restaure e preencha nossos corações com a Paz de Deus.