Quando o medo me inquieta

O medo é o maior inimigo dos nossos sonhos, pois é uma fé negativa. Quando estamos feridos, quando sofremos perdas na vida, não podemos permitir que nossas esperanças se acabem, nem nos voltar contra Deus e sim nos voltar para Deus. 

Quero compartilhar com vocês um testemunho que impactou minha vida na última semana, o testemunho de Laura Songuellis, ministra de louvor do projeto Dunamis.

Laura Songuellis desde cedo teve seus pais divorciados, aos 13 anos perdeu o seu pai, vítima de um infarto fulminante do coração. Três anos depois ela perdeu a mãe, vítima de uma hemorragia interna. E a sua última perda foi sentimental, quando ela foi abandonada pelo seu noivo. Laura teria todos os motivos do mundo para desistir dos seus sonhos e viver em uma depressão profunda, mas não foi o que aconteceu. 

Laura relata que ela sentia a presença de Deus em todos os momentos e que Ele a consolou de maneira tão forte que ela passou a consolar as pessoas que foram no velórios do seu pai e depois da sua mãe. 

A partir dessas perdas ela passou a ter um novo conceito de morte, pois Deus não se deixa amendrontar com a morte, a morte física é passageira. Ela passou a entender as coisas espirituais e que ela precisava se voltar para as coisas eternas. 

“Foi uma perda, claro, mas eu não deixei meu coração se ofender contra Deus, pois Ele é tudo o que eu tenho. Eu não me voltei CONTRA Deus, eu me voltei PARA Deus” (Laura Songuellis)

A sua última perda foi a perda sentimental a levou a repensar em muitas coisas em sua vida, ela passou dias no seu quarto buscando a presença de Deus e tentando processar o que havia acontecido. Ela relata que foi um grande marco na sua vida porque Deus a guardou de forma muito especial ela sentia que ele sofreu a perda junto com ela. Ela ouvia o Senhor dizer a ela que ele entendia a dor dela, pois Jesus é aquele que se compadece das nossas dores.

 Ela passou a ter uma compressão da sua identidade em Deus, independente das circunstancias. 

“ Eu me descobri em Deus. Foi no momento de dor que encontrei Jesus e fui transformada. Tive vários encontros com Deus no meus quarto, sobrenaturais, onde o Senhor falou sobre quem eu era nEle e sobre o meu futuro.”  (Laura Songuellis)

Atualmente Laura é professora de inglês, tradutora, é compositora e é ministra de louvor no projeto Dunamis. Ao ouvir as músicas que ela canta, sinto-me fortemente atraída a buscar a presença de Deus. E concluí que não existe nenhum argumento para que nos voltemos contra Deus. A amargura de coração só suja a nossa alma, traz medo do futuro e descrença em Deus. A pior coisa que pode acontecer em sua vida não é a morte, nem o fim de um namoro, mas sim uma reação que você vai ter a isso. A melhor maneira de reagir em qualquer situação vai ser sempre voltando-nos para Deus e NUNCA contra Deus. 

“Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor.” (Romanos 8:38,39)

Link testemunho Laura Songuellis:https://www.youtube.com/watch?v=Wqk0PohYgzU

Música: Dono do meu ser (Laura Songuellis) – https://www.youtube.com/watch?v=34gBmK2A-VA

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

Simone Messina Gomez

Simone Messina Gomez. Funcionária pública e escritora cristã. Membro da Igreja Bastista Nacional de Santa Maria, RS. Autora do livro O valor de estar solteiro e de muitos outros que estão por vir! Casada com Pedro Tasca Gomez. Ministramos seminários sobre Vida de solteiro, Romance Real e Santidade. Contato: simessina@gmail.com