Será que é impossível ser feliz sozinho(a)? Vamos ver…


Oi genteeee, tudo bem? Meu nome é Carla Duarte, tenho 29 anos e esse é o meu primeiro artigo aqui no site. Espero interagir bastante com vocês nas próximas semanas por aqui! J

Uma famosa canção do Tom Jobim diz que “Fundamental é mesmo o amor, é impossível ser feliz sozinho.” Será que é impossível ser feliz sozinho? Vocês concordam? O que vocês acham? Eu discordo e vou explicar o por quê.

Hoje vemos muitas pessoas projetando toda a expectativa de felicidade de suas vidas em um relacionamento amoroso. Neste post, quero te ajudar a enxergar que é totalmente possível ser muito feliz enquanto você está solteiro (a), esperando em Deus.

Em setembro de 2009 eu escolhi esperar em Deus, ajustar algumas prioridades e começar tudo do zero na área afetiva. Eu tinha acabado de terminar um namoro de 5 anos e foi um dos momentos mais difíceis da minha vida. Nos primeiros meses após o término, é muito comum que a gente se comporte como viúvo, devido ao espaço que a outra pessoa ocupava no nosso coração. Mas conforme o tempo passou, Deus me ensinou que é totalmente possível viver feliz e realizada no tempo de solteira. À medida que a vontade do Senhor e planos Dele foram se tornando a minha prioridade, os meus amigos e a minha família começaram a notar as mudanças no meu comportamento e nas minhas atitudes em relação a todas áreas da minha vida. Eu entendi que o Espírito Santo é a melhor companhia de todas e que ele nunca nos deixa sós.

Comecei a viajar ”sozinha” pelo Brasil, participei de muitos eventos, conheci muitas pessoas e lugares incríveis. Sempre mantive a chama do amor acesa no meu coração através das minhas orações e da minha, porque eu sempre acreditei que Deus me apresentaria o rapaz ideal pra eu me relacionar. Mas o fato de estar solteira não me impediu de desfrutar este tempo com qualidade e realizar atividades que muita gente deixa de fazer porque acha que está sozinha.

Durante estes 6 anos de espera, eu vivi as minhas experiências mais profundas com Deus. Este é o período da nossa vida que nós temos mais disposição e disponibilidade pra investir em nós mesmos, no Reino e planejar o nosso futuro. Nos preparar e nos qualificar para construir nossa futura família, ter tempo de qualidade com os nossos pais, aprimorar nossas habilidades profissionais, nos divertir com os amigos, viajar, estudar e etc.. Como (na maioria dos casos) ainda vivemos com os nossos pais e ainda não temos que arcar com algumas responsabilidades, como a de sustentar uma casa, por exemplo; as coisas ficam mais fáceis.

Porém, há 6 meses atrás eu recebi uma surpresa de Deus e ele me presenteou com um namorado maravilhoso (siiiim, o meu varão chegou …hahaha!!!). E depois que eu assumi o relacionamento publicamente nas redes sociais, recebi muitas congratulações e todos se alegraram muito comigo. Mas também houveram muitos comentários do tipo: “Agora você vai ser feliz de verdade” ou “Agora sua vida será completa”… E isso me intrigou.

Por que as pessoas associam tanto a felicidade a um relacionamento amoroso? Quero convidá-los a refletir comigo no texto de I Coríntios 7 onde o Apóstolo Paulo nos dá dicas preciosíssimas acerca do casamento. No versículo 1 e 9 respectivamente, ele diz que seria mais interessante que permanecêssemos solteiros, mas para que a gente não caia na imoralidade, é melhor que a gente se case do que ficar ardendo em desejos.

Paulo não se casou, Jesus não se casou e ambos foram felizes e cumpriram seu chamado com excelência. Meu relato não é uma apologia à solteirice, mas para chamar atenção de que a nossa felicidade e a nossa missão em Deus não devem estar associadas a um relacionamento afetivo.

Quando as pessoas comentam que “agora eu serei feliz” só porque estou namorando, eu percebo que talvez elas não saibam o real valor do tempo de solteiro(a) e do quanto ele pode ser prazeroso e especial.

No versículo 19 ele diz: “o que importa é obedecer aos mandamentos de Deus.” Então, não importa se você estará solteiro ou casado, importa que você obedeça a orientação do Senhor e faça a vontade Dele. Assim você será plenamente feliz. Porque não tem sensação melhor na vida do que fazer o nosso Deus sorrir através das nossas atitudes e das nossas escolhas.

Não espere por alguém pra ser plenamente feliz. Deus não nos criou faltando pedaços para que a gente encontre alguém que nos complete. Nós já somos plenamente felizes e completos em Deus ; e quando nos casarmos, encontraremos alguém que nos transborde porque completos nós já somos.

Desejo que você seja muito feliz e que este texto tenha te ajudado a refletir e desfrutar o seu tempo de solteiro(a) com qualidade. E lembre-se, o Espírito Santo é o seu primeiro amor, o seu melhor amigo e a sua melhor companhia.

Quem quiser me dar um “alô” pode me enviar um email e me seguir lá no Facebook, no Instagram e no Snapchat que eu vou deixar aqui embaixo. Daqui a 15 dias eu volto com mais um artigo top pra vocês.

Um beijooooooo e até a próxima. J

Carla Duarte

E-mail: carladuarte.contato@gmail.com

Facebook: https://www.facebook.com/carla.duarte.180

Instagram: @carladuarte.rj

Snapchat: carladuarte.rj


mm
Carla Duarte Facebook Twitter Imprimir

Solteira, 30 anos. Representante do EEE no Estado do Rio de Janeiro. Membro da Igreja Evangélica Congregacional de Bento Ribeiro, atuou na liderança de jovens por 4 anos e tem experiência com missões transculturais no Brasil e no exterior.

seta

CONHEÇA NOSSA LOJA ONLINE