Sexo Sexo Sexo!

Estudo: sexo casual pode causar depressão e pensamentos suicidas
Pesquisadores descobriram que a cada relação sexual ocasional as chances de pensamentos suicidas aumentam em 18%

Sexo casual pode causar depressão e até levar a pensamentos de suicídio, de acordo com um novo estudo. Os pesquisadores entrevistaram cerca de 10 mil pessoas e descobriram que os adolescentes com sintomas depressivos eram mais propensos a praticar sexo casual. As informações são do Daily Mail.

Jovens de 80 escolas americanas e 52 escolas de ensino médio foram entrevistados quando tinham entre 7 e 12 anos e depois entre 18 e 26. Foram feitas perguntas sobre relacionamentos, depressão e pensamentos suicidas.

Vinte e nove por cento dos participantes disseram que tinham vivido uma relação de sexo casual, que foi definida como “apenas sexo”. Entre eles, 33% dos homens e 24% das mulheres.

A ligação entre depressão e sexo casual foi a mesma entre homens e mulheres, de acordo com o Journal os Sex Research. Pesquisadores descobriram que a cada relação sexual ocasional as chances de pensamentos suicidas aumentam em 18%.

"O objetivo foi identificar os adolescentes que lutam com problemas de saúde mental, de modo que podemos intervir precocemente, antes de se envolverem em relações sexuais ocasionais", disse Sara.

E SEXO ANTES DO CASAMENTO COM COMPROMISSO?

Talvez você esteja lendo e pensando. Essa pesquisa é uma referencia ao sexo sem compromisso, entre dois estranhos que se conhecem uma noite e "ficam" (ficar atualmente não é mais só beijar na balada, mas uma relação sexual completa). E muitos lendo isso (até não cristãos) concordem que uma "ficada" nesse nível é altamente prejudicial. Mas meu caso é diferente, não há problema nenhum quando somos namorados.

Um estudo publicado pela revista científica "Journal of Family Psychology", da Associação Americana de Psicologia, revelou que casais que esperam para ter relações sexuais depois do casamento acabam tendo relacionamentos mais estáveis e felizes, além de uma vida sexual muito mais satisfatória.

Entre os ouvidos para a pesquisa, pessoas que se guardaram até a noite do casamento deram notas 22% mais altas para a estabilidade de seu relacionamento do que os demais.

As notas para a satisfação com o relacionamento também foram 20% mais altas entre os casais que esperaram, assim com as questões sobre qualidade da vida sexual (15% mais altas) e comunicação entre os cônjuges (12% maiores).

Para os casais que ficaram no meio do caminho – tiveram relações sexuais após mais tempo de relacionamento, mas antes do casamento – os benefícios foram cerca de metade daqueles observados nos casais que escolheram ter relações sexuais na noite de núpcias.

ONDE ESTÁ NA BIBLIA QUE SEXO ANTES DO CASAMENTO É PECADO?

Independente de qualquer pesquisa de opinião ou cientifica, e ao contrário do que muitas pessoas pensam (inclusive cristãos evangélicos) o sexo não é apenas uma relação íntima entre duas pessoas. Mas afirmo, a relação sexual é uma aliança de sangue que consuma o casamento. Isso mesmo. Se guardar sexualmente para o casamento não é uma questão religiosa, mas algo que levaremos para toda vida.

Deus não instituiu o sexo antes ou depois do casamento. Deus institui o casamento! Genesis 2:24 é a primeira referência bíblica sobre o que é o casamento e também é a primeira referencia ao ato sexual.

O que é o casamento aos olhos de Deus?
1) Deixar pai e mãe
Quando casamos não nos tornamos independentes, mas nos emancipamos dos nossos pais. Este é o primeiro passo para o matrimônio. Vale a pena dizer que tem muita gente se casando, mas não deixa seu pai e sua mãe, ficam ligados e dependentes pelo resto de suas vidas e isso traz consequências significativas para a vida do casal.

2) Unir-se a sua esposa
Esse unir-se condiciona o segundo passo para o matrimônio, e significa ASSUMIR sua esposa. A decisão de casar-se traz consigo deveres e obrigações que o casal assume a partir do momento que decidem viverem um para o outro. Tem muita gente querendo casar, mas não quer abrir mão das condições e privilégios reservados somente a vida de solteiro. E muitos casais enfrentam sérios problemas porque um dos cônjuges, ou pior, os dois não assumem a responsabilidade da vida a dois e desejam viver casados com os mesmos hábitos, costumes e práticas do tempo de solteiro. Casamento não é brincar de casinha. Casamento é também, um ato de renúncia.

3) E serão ambos uma só carne
Eis aqui a relação sexual! O ato sexual é o que sacramenta a união de qualquer casal. O ato sexual sela o casamento e poderosamente faz com que dois se tornem um.

Portanto queridos, lembrem-se do que nos exortou Paulo em uma de suas cartas (1ª Coríntios 6:19): "Não sabeis vós que aquele que se deita com uma mulher, se torna um com ela?" Esta é mais uma referencia bíblica que o sexo é uma aliança que une duas pessoas.

As consequências de vivermos nossas experiências fora do tempo e propósito do Pai deixam sequelas que podem ecoar pelo resto de nossas vidas. Quando Deus nos orienta a guardar-nos sexualmente para o casamento, Ele não está "punindo", Ele está nos preservando!

Ele criou o sexo, sabe das bênçãos que ele representa para o casamento e das consequências desastrosas de quando praticamos fora do matrimônio.

Fonte das Pesquisas:
Terra e G1

 

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

Nelson Jr

Nelson Junior, coordenador e idealizador, é casado com Ângela Cristina, pai de Ana Carolina e Milena. É pastor desde 1998, formado em Teologia pelo IBAD, é da Igreja em Vitória e membro da Associação de Pastores Evangélicos de Vila Velha. Trabalha com jovens e adolescentes há pouco mais de 20 anos.