Solteiros na beira dos 30


Queridos leitores da faixa dos trinta anos de idade que ainda estão solteiros…Hoje a minha palavra de ânimo é especialmente para vocês!

Parece que quanto mais a idade passa, mas sem esperança de encontrar alguém alguns ficam. Muitas pessoas nesta faixa de idade se sentem esquecidas por Deus em sua vida sentimental. Quero dizer que entendo cada um dos argumentos, os quais seguidamente sou indagada:

  • Quero tanto ter filhos…mas não tenho um (a) esposo(a)…
  • Já tenho uma vida profissional estabelecida, mas ainda falta alguém para compartilhar da vida comigo…
  • Por que tantas pessoas mais jovens conseguiram se casar e eu continuo só?
  • Sofro por que todos os amigos da minha geração já formaram sua própria família e eu ainda estou aqui esperando…
  • Será que Deus se esqueceu de mim?
  • Não há ninguém da minha idade solteiro na igreja…
  • Já esperei demais…cansei de esperar!
  • Será que não sou digno de ser amado por ninguém?     
  •   
  • Quero lhe dizer hoje que Deus não esqueceu de você, Ele conhece os desejos do seu coração e planeja um casamento feliz. Contudo, o tempo é o instrumento de Deus para sarar as feridas do passado e tratar o seu caráter. Não se limite a pensar na questão da idade, mas sim em identificar o que precisa ser ajustado em sua vida. Há pessoas que possuem muitas feridas do passado e precisam de cura. Deus não entrega a benção para quem está ferido. Se você está ferido, Ele vai te levar para a “sala do tratamento” e curar a sua alma.

Outra área que impede o agir de Deus na vida sentimental de uma pessoa é o seu temperamento não tratado. Quando uma pessoa fica durante muito tempo solteira começa adquirir hábitos e “manias” que dificultam a possibilidade de bons relacionamentos. Por exemplo uma pessoa que é acostumada a ser muito independente, não gosta muito de fazer amizades, não tem disposição para fazer algo pelos outros, porque vive fechada em seu mundinho… Talvez não saiba nem se comunicar direito, passando a impressão de que é “cheio(a)”, antipático, ou até mesmo grosseiro. Você já parou para se autoanalisar? Saiba que o seu modo de ser e tratar as pessoas tem o poder de atraí-las ou repelí-las de perto de você.

Outra importantíssima questão é a sua vida com Deus…Se você não consegue crer que Deus tem um futuro certo para você, há alguma falha na sua vida com Deus. Talvez você tenha alimentado amargura contra Deus no seu coração por ele ainda não ter lhe abençoado, mas essa atitude só afastará você da promessa. Faça as pazes com Deus! Ao invés de murmurar, busque adorá-lo! Peça ajuda do Esp. Santo para identificar o que ainda está faltando em você.

Por fim quero dizer que idade não é sinônimo de maturidade. Há pessoas com muita idade e que se comportam como crianças diante de Deus, fazendo até chantagem emocional como esta: “Deus se o Senhor não enviar alguém logo, vou procurar no mundo, pois minha idade já está meio avançada.” Deus não cede a chantagens emocionais, aliás Ele detesta isso. O que agrada Ele é quando uma pessoa simplesmente confia…e não fica cobrando nem murmurando…Isso é saber esperar, independente da idade. Se for da vontade de Deus, Ele mesmo vai enviar alguém do mundo e que se converta de todo o coração. Mas se você for buscar por conta própria poderá estar estragando tudo.

Conheci uma grande mulher de Deus que esperou em Deus até os 35 anos de idade. Ela sofreu com o tempo de espera, mas foi perseverante até o fim. Como resultado disso, casou aos 35 anos com um homem maravilhoso e hoje tem um filho. Ela perseverou e conquistou a promessa. Mesmo que hoje não haja uma perspectiva ou não tenha alguém em vista, descanse em Deus pois Ele pode mudar a sua situação num estalar de dedos. Quem sabe daqui um ano você já não está bem casado(a)?

A palavra de ordem para você hoje é PERSEVERE!

 “Vocês precisam perseverar de modo que quando tiverem feito a vontade de Deus recebam o que Ele prometeu. (Hebreus 10:35-35)

 

Grande abraço!

mm
Simone Messina Gomez Facebook Twitter Imprimir

Simone Messina Gomez. Funcionária pública e escritora cristã. Membro da Igreja Bastista Nacional de Santa Maria, RS. Autora do livro O valor de estar solteiro e de muitos outros que estão por vir! Casada com Pedro Tasca Gomez. Ministramos seminários sobre Vida de solteiro, Romance Real e Santidade. Contato: simessina@gmail.com

seta

CONHEÇA NOSSA LOJA ONLINE