Sou pai

Me encanta os olhos ser pai, ser chamado de pai quando acordo, ser recebido com abraços carinhosos de meus dois filhos. Tenho dois sobrinhos que me chamam de pai, eu cuido deles como meus filhos. Domingo eu estava numa lachonete e meu sobrinho chegou falando bem alto "Pai eu estou ali com minha mãe!", algumas pessoas olharam pra mim e uma perguntou se eu gostava de ser chamado assim por ele, pois tantas pessoas correndo do compromisso de ser pai e eu estava correndo atrás de filhos. Eu amo que meus sobrinhos me chamem de pai. Ontem eu estava pensando sobre o amor de um pai para com o seu filho de sangue. Deve ser muito bom estar casado, em família, sendo pai.

Esses dias minha sobrinha disse: Pai, estava com tanta saudade de você e me deu um abraço!

Não há como descrever esse sentimento!

Pense agora como fica o coração de um pai que precisa dar seu único filho pra salvar seus futuros irmãos? Realmente eu não consigo imaginar, nem pensar como deve se sentir um pai nesta situação, somente sei que esse pai precisa amar muito esses futuros novos filhos.

Em João 3.16 o apóstolo João tenta descrever o amor de Deus para comigo e contigo nas seguintes palavras: “Porque Deus amou tanto o mundo, que deu o seu único filho, pra que ninguém se perdesse, mas tivessem a vida eterna”.

Você não está sozinho, Deus te ama. Você não é órfão, você tem um pai que te ama muito.

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 

Gustavo Pestana

Sou natural de Ilhéus-Ba, formado em psicologia e graduando em teologia. Membro da igreja batista da Urbis na minha cidade. Amo escrever e compartilhar o amor d Deus. No momento estou trabalhando com missões urbanas. Também trabalho em dois projetos sociais: Um que com crianças com câncer e um com crianças carentes.