Um amor de verdade

O amor não é sofrimento, mas se engana quem acha que no amor não se sofre.

SIM! Quem ama sofre, e isto se encontra embasado na primeira carta de Paulo aos Coríntios no capítulo 13, versículo 7:

“O amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.”

E é com base neste texto que eu quero compartilhar com você alguns pontos importantes que precisamos ter bem claro em nosso coração.

Tem gente que não pode ver um obstáculo que já fica desconcertado​, mas quem ama de verdade não teme os desafios e não pede pra sair quando as dificuldades chegam e as contrariedades acontecem.

Infelizmente se tornou normal o famoso “se não deu certo separa”. Já ouviu isso? Conhece alguém que já viveu essa situação? Eu conheço um monte que defende essa tese do descarte. Triste isso.

SOFRER no amor é permanecer amando e acreditando, orando, perdoando, e superando, mesmo diante das fragilidades e erros do outro, pois um AMOR DE VERDADE não é papel que se desmancha em qualquer tempestade, mas uma rocha firme que suporta até mesmo as maiores adversidades.

Apesar de vivermos em meio a uma geração que se acostumou ao casual e passageiro, eu e você não podemos nos render a essa avalanche podre que tem tentado mudar o plano oficial de Deus.

Você não foi criado para paixões momentâneas, mas para um relacionamento firmado no Senhor, que caminha junto, que luta junto, que suporta junto, e que por estar juntos em Deus, é capaz de superar e vencer os intempéries de cada dia.

Aí você pode me perguntar:
– Mas mesmo se for a vontade de Deus eu terei desafios e dificuldades? Sim! Você enfrentará desafios e dificuldades, mas a diferença estará na postura que você terá diante de cada acontecimento.

A diferença se dará pela decisão de em quem você depositará a sua confiança e esperança, onde você alicerçará o seu relacionamento, a quem você estará diariamente CONSAGRANDO o seu amor, e eu não tenho dúvida que a resposta para tudo isso é o Senhor.

E tem uma passagem que revela muito bem essa experiência, de permanecer firmes no Senhor apesar das lutas.

Convido você a ler comigo a segunda carta de Paulo aos Coríntios, em seu capítulo 4, versículos 8 e 9:

“Em tudo somos atribulados, porém não angustiados; perplexos, porém não desanimados; perseguidos, porém não desamparados; abatidos, porém não destruídos; Por isso, não desanimamos; pelo contrário, mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, contudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação, não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas.”

Apesar dos desafios, quando é AMOR, até mesmo os sofrimentos momentâneos contribuem para que cada vez mais DOIS se tornem UM. Amém!

Deus te abençoe PODEROSAMENTE.
Eu oro por você!
#VagneBittencourt ✋

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

Vagne Bittencourt