Um botão!


Creio que você já tenha ido à uma festa, um casamento ou indo a um aniversário ou até mesmo ao shopping center. Você pára e pensa na melhor roupa pra ir. Mas algo esta errado com a roupa. Um pequeno detalhe, mas muito importante. Falta um botão.

Nesse exato instante parece que é o fim da saída. Pois, a sua roupa falta um botão. E agora quem poderá nos defender? Não é o Chapolin colorado é claro! Um novo botão será a salvação. Mas ele precisa preencher alguns pré-requisitos, para fazer parte daquela roupa, vamos descobrir quais são?

A cor. Imagine um vestido ou uma camisa branca, com um novo botão vermelho ou rosa, ou até mesmo laranja. O novo botão precisa ser da mesma cor.

O tamanho. Você achou um novo botão da mesma cor e coloca no vestido ou na camisa. Mas quando você percebe ele é menor que o tamanho de todos ou outros, ou bem maior.

O modelo. Dessa vez ele é da mesma cor e tamanho, mas o modelo é diferente, pois o que você usando na roupa é redondo e o outro é quadrado.

Há essa hora você já fica nervoso com a situação, pois isso é apenas um simples botão. Algumas pessoas pegariam logo qualquer botão, o mais parecido e ia se divertir.

Tempo atrás, ao ir para a uma festa, passei por uma situação assim. Eu poderia ter desistido da camisa que eu escolhi na cor branca, por falta de um botão no meio da camisa. Mas decide procurar o botão perfeito.

Você sabe onde ele estava? No lugar simples. Na parte inferior da camisa. Normalmente algumas roupas, trazem botões a mais para essas situações da vida. Ele fica muitas vezes tão próximo que parece não existir. Procure uma camisa social e encontre esse botão, e perceba a simplicidade. Você poderá concluir que ele é exatamente aquele que a camisa necessita no momento em que lhe faltar um botão.

A escolha de uma pessoa amada é bem semelhante a estes simples botões, pois inúmeros fatores influenciam nossas decisões: como a ansiedade, o carinho, a atenção, a perspectiva de vida, o compartilhamento de idéias e planos, o momento atual, as nossas ideologias. Isso tudo influencia muito, mas o que mais devemos compreender é o plano de Deus, a visão de um pai de amor que sempre tem o melhor para nossas vidas.

Eu não posso negar que amo arquitetura de interiores. Amo cada pequeno detalhe de uma linda casa, cada vaso tem o seu lugar, cada quadro, a cor da parede, o quadro na sala, tudo deve estar em uma perfeita harmonia. Imagine agora Deus, que é o MELHOR arquiteto de interiores que você pode imaginar. Ele projetou a sua vida de forma minuciosa, com bastante calma. Cada milímetros de seu coração foi lapidado por Deus, a cor de sua pele e de seus olhos e, até mesmo o tamanho de seu pé, é um perfeito projeto dEle.

Sempre que você passar por uma situação dessas, busque o botão que mais parece com você. Aquele que completa o que lhe falta, e valoriza os seus valores. Isso se chama idoneidade. Que seja o mais parecido com sua camisa ou vestido, pois assim você vai estar impecável na festa da vida.

Ele sabe o que é melhor pra cada um de nós.

Gustavo Pestana
Gustavo Pestana Facebook Twitter Imprimir

Sou natural de Ilhéus-Ba, formado em psicologia e graduando em teologia. Membro da igreja batista da Urbis na minha cidade. Amo escrever e compartilhar o amor d Deus. No momento estou trabalhando com missões urbanas. Também trabalho em dois projetos sociais: Um que com crianças com câncer e um com crianças carentes.

seta

CONHEÇA NOSSA LOJA ONLINE