UM POEMA DE PAIXÃO

O assunto deste artigo é com base no livro de Cantares de Salomão, este curto livro poético celebra a maravilha do amor apaixonado entre um homem e uma mulher. Esposa e esposo cantam em antífona um ao outro, respondendo um ao outro, expressando o seu ardor em termos emocionais e físicos. Eles usam linguagem sensual e alegorias para descrever a beleza do amor, do cortejo e do casamento. O livro reflete o desejo que Deus tem de que maridos e esposas desfrutem do amor íntimo e apaixonado, e fornece um exemplo da expressão criativa desse tipo de amor. Em um mundo onde o pecado danificou muito o sexo e o casamento, podemos apreciar o livro de Cantares pela sua pureza, assim como pela sua paixão. Embora muitos creiam que Cantares se refira unicamente à dádiva concedida por Deus do amor e da intimidade a casais ligados pelo matrimonio, outros também o consideram como uma expressão alegórica do amor de Cristo pela igreja.

O livro de Cantares não menciona a oração, no entanto, considerando as muitas tentações ao adultério e à imoralidade sexual que maridos e esposas enfrentam hoje, Cantares deveria motivar-nos a orar vigilantemente pela pureza e por valores que devem ser guardados e sustentados no casamento e por meio dele. Assim como vocês, também estou no tempo da espera da promessa e amanhã, quando acordar, vou escolher esperar de novo. Eu irei esperar o tempo que for para ter o varão prometido aqui, comigo. Porque ele não é a minha terceira e nem a segunda alternativa. Ele é a minha escolha.

(veja Ct 1.1) Enquanto lê esse belo livro poético, aprenda e peça que Deus ascenda em você uma nova fagulha de criatividade para expressar o seu amor por seu cônjuge ou pela sua promessa quando o tempo de Deus chegar à sua vida. (veja Ct 1.6) Deus Pai, agradeço-te porque criaste pessoas de diferentes cores e culturas. Por favor, afasta-me de qualquer forma de preconceito social ou racial. (veja Ct 1.15-16) Deus, agradeço-te pela formosura do meu cônjugue. Lembra-nos, a ambos, da importância de fazermos elogios sinceros um ao outro.

(veja Ct 2.1-2) Peça que Deus dê a você um olhar voltado somente para o seu cônjuge. Cuidado ao compará-lo com outros, mas esteja aberto em relação às suas qualidades verdadeiramente excelentes. (veja Ct 2.11-13) Agradeço-te, Pai, pela variedade nas estações e pela oportunidade de desfrutar da tua criação com meu cônjugue. (veja Ct 2.15) Senhor, muitas tentações ameaçam destruir o amor conjugal, ao qual chamaste o meu cônjugue e a mim. Ajuda-nos a estar vigilantes para guardar o nosso casamento.

(veja Ct 3.11) Ore para que Deus dê ao seu cônjuge uma coroa de caráter piedoso, de modo que todos o considerem com honra e respeito. (veja Ct 4.1-10) Agradeço-te, Deus Criador, pela doçura do amor romântico. Ajuda-me a sempre conservá-lo puro e santo, enquanto busco uma paixão saudável com meu cônjuge. (veja Ct 5.8) Ore para que aqueles que você sabe que estão apaixonados busquem a vontade de Deus e a sua benção para o seu relacionamento.

(veja Ct 6.3) Deus, mostra ao meu cônjuge e a mim o que significa pertencer um ao outro – cuidar e proteger, e não manipular ou sufocar. (veja Ct 6.9-10) Peça que Deus ajude você a ver o seu cônjuge de uma nova maneira – como alguém que é verdadeiramente maravilhoso e perfeito para você. Ore, pedindo um desejo renovado de honrá-lo acima de todas as outras pessoas.

(veja Ct 7.1-9) Deus, agradeço-te porque criaste o prazer sexualidade humana. Por favor, ajuda-me a controlar o meu corpo e a viver em pureza, e não em paixão ilícita, como vivem os que são ignorantes a respeito de ti e dos teus caminhos. (veja Ct 7.13) Agradeço-te, Senhor, pelas coisas que são novas, como também pelas velhas, pela alegria de experimentar os prazeres da vida com o meu cônjuge. (veja Ct 8.7) Renova, Senhor, a paixão piedosa em meu casamento. Que nada extinga o meu amor pelo meu cônjuge, nem o amor dele por mim.

Esse livro é um cântico poético ao amor humano. Foi escrito por alguém profundamente apaixonado. Os envolvidos se entregam à expressão de seus sentimentos e pensamentos mais íntimos. Trata-se de um sentimento sadio do relacionamento físico e emocional entre um casal.

Com carinho,

Rafaela

Este artigo é uma contribuição dos nossos leitores.


Nome completo: Rafaela Pereira Valentim, 24 anos. Nasci 30 de Janeiro de 1992 em Brasília – Distrito Federal. Sou formada em Engenharia Civil e faço Mestrado em Estruturas e Construção Civil na UNB. Sou filha única e cresci em um lar evangélico com histórico de pastores.

Email: rafa_valentim@hotmail.com

Twitter: @_rafavalentim

Instagram: @rafaela.valentim

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

Redação Eu Escolhi Esperar