Vamos falar sobre sexo!


Olá pessoal!

Tudo joia?

Hoje quero falar de um assunto que para muitos crentes ainda é um “tabu”! É aquela tal coisa que todo mundo quer praticar, mas ninguém quer discutir, rs! Vamos falar um pouco sobre SEXO.

Quando eu era adolescente ganhei um livro da minha mãe que eu achei o máximo, intitulado de “Turbulentos Anos da Adolescência” do Pastor Jaime Kemp. Fiquei curiosa, e logo o li todo… Admirei como os assuntos “sexo e puberdade” foram abordados com uma naturalidade madura e com o enfoque bíblico sem legalismo. Naquela época (13 anos atrás) eu passei a entender que sexo era muito mais do que os filmes queriam retratar, e não era nada do que eu pensava. Este livro foi objetivo, e mudou minha maneira de pensar.

Anos mais tarde, ganhei outro livro, porque sempre amei a leitura… Minha mãe me presenteou com o livro de Eric e Leslie Ludy, chamado de “Sua Perfeita Fidelidade”, onde um casal contava a história da corte que fizeram, de todo o relacionamento até o casamento, e que deram o seu primeiro beijo no altar. Quando o li, achei bonito tudo o que estava escrito, mas achei um exagero toda essa história de corte e beijo no altar… Mal eu sabia, que anos mais tarde eu faria essa escolha. (Pasmem: meu marido também havia ganhado o mesmo livro que eu quando mais jovem kkkkk)

Hoje reflito e vejo quantos sinais e oportunidades Deus me deu para que eu fizesse as melhores escolhas para a minha vida sentimental, mas mesmo assim no passado eu optei por coisas que não agradavam ao Pai e me trouxeram tristes consequências.

Para a glória de Deus, o que aconteceu ficou para trás, e Jesus mudou tudo! O que desejo compartilhar hoje é que o sexo é um presente que Deus deu para seus filhos e que o mundo tem o deturpado de várias maneiras para que não venhamos desfrutá-lo na plenitude que o Pai sonhou.

A mídia em geral expõe o sexo como algo sujo, descartável, depravado e imoral. O padrão de Deus não é esse! Muitas moças temem a noite de núpcias, pois tudo o que viram sobre o assunto não tem nada relacionado com o que realmente é. O sexo é um momento de intimidade para o casal casado que entregou sua fidelidade na área sentimental no altar de Deus e receberam o privilégio de se tornarem uma só carne, unindo-se de uma forma não apenas física, mas espiritual e sentimental.

Diversos casais de namorados tomam decisões erradas nessa área por confundirem a atração física com o amor, e acabam tendo relações sexuais antes do tempo, o que gera uma série de frustrações, tristezas, sentimento de impureza, indignidade, remorso (sem contar as outras consequências, como gravidez indesejada, doenças sexualmente transmissíveis e etc)… Isso não provém de Deus pessoal!

Vejam: “Uma pessoa pode sentir-se imediatamente atraída por outra, mas o amor vai muito além da atração física. É algo profundo, inclusivo e abrangente. A atração física é apenas um de vários elementos; é preciso haver fé, confiança, compreensão e união. É preciso haver ideais e padrões comuns. Deve haver grande devoção um ao outro e companheirismo. O amor inclui pureza, progresso, sacrifício e altruísmo. Esse tipo de amor nunca se cansa ou se enfraquece, mas continua a viver em meio a enfermidades e pesares, pobreza e privações, triunfos e decepções, no tempo e na eternidade” (Spencer Kimball).

Para você que é solteiro, e deseja algumas dicas sobre o tema “SEXO”, eu escrevi algumas considerações:

De todas as etapas para formação e concretização de um casamento, o SEXO é a última. Portanto, NÃO PULE ETAPAS.

Cada etapa desde a vida de solteiro é importante para ser vivida. Adão e Eva no processo de criação, antes do pecado, não quebraram etapas. Mas note como após o pecado da desobediência no Éden, tudo aquilo que foi construído, foi prejudicado.

Isso serve para todos nós. Há a necessidade de seguir firme no propósito de santidade, para ter e entregar ao Senhor no altar a santidade que foi construída no relacionamento pré-casamento, e que será consumado na grande noite de núpcias, quando homem e mulher se tornarão UMA SÓ CARNE.

Vale ressaltar, que NÃO HÁ SEXO FORA DO CASAMENTO. O SEXO foi criado para uma aliança firmada no altar entre Deus, o Homem e a Mulher. Tal aliança constitui uma proteção, pois o sexo seguro foi chamado por Deus de CASAMENTO. O sexo foi criado por Deus para ser uma experiência física, emocional, e espiritual que só pode ser desfrutada com plenitude dentro da proteção da segurança proporcionadas pelo compromisso da aliança do Casamento.

Pode ser que você tenha tido uma experiência antes de se casar, ou ainda não se casou, e já teve uma experiência sexual. Fique calmo, nada está perdido! Nunca é tarde para voltar e fazer novas escolhas.

Não quero que ache que o sexo é pecado. Pecado são as distorções que o mundo criou, que é a fornicação, o adultério, que não são nada além de sexo fora da aliança do Casamento, que trazem sérias consequências.

Deus quer que todos os seus filhos desfrutem desse presente, que UNE o homem e a mulher, no momento certo. Tal ato trás bênçãos para o lar, aproxima o casal em amor, respeito, unidade, cumplicidade, honra e reflete um coração que ama e esperou o cônjuge para uma entrega total.

Por fim, deixo este trecho do livro “Sua Perfeita Fidelidade” para a sua reflexão:

“A pureza não pode ser medida pela tecnologia humana. Ela pode ser apenas medida por Deus. A escolha de buscar a pureza é uma decisão que você precisa fazer entre você e Deus. É impossível sem Ele, no entanto só pode ser natural com Ele.”

Até a próxima,

Deus te abençoe,

Kamila.

mm
Kamila Carvalho Borges Facebook Twitter Imprimir

Cristã, advogada, casada com Lincoln Borges.

seta

CONHEÇA NOSSA LOJA ONLINE