Vele a pena voltar atrás?


Vele a pena voltar atrás?


O orgulho de voltar atrás pode te fazer perder o grande amor de sua vida. Já pensou nisso?
Bem.. Já fiz um post sobre a diferença entre amar e sentir saudade de alguém. E, antes de continuar essa leitura, tenha certeza da diferença entre ambos. Senão, corre lá no outro artigo. (http://www.euescolhiesperar.com.br/artigos/sera-que-e-amor-)

Tem pessoas que realmente amamos e por medo do mundo e dos julgamentos, medo de ouvir um não ou de errar de novo preferimos deixar pra lá e esperar que o tempo cure o sentimento que ainda existe.

O problema é que não é tempo que cura. Sentar apenas esperar que o tempo faça algo por você é jogar fora um tempo precioso. Justamente porque antes de mais nada você precisa decidir entre seguir em frente de vez ou voltar ao que está inacabado.

Há quem diga que se existe dúvida é porque não ama de fato. Mas emoções não são preto e branco, sim e não. É universo mais colorido que a escala pantone. As dúvida vem de todos os lugares. Do medo de arriscar, ir contra e dizer: eu amo e quero esse alguém. Porque a opinião dos outros é importante, mesmo que você grite pra todo mundo ouvir o contrário. É por isso que a qualquer incerteza, começa a maratona de consultoria. São amigos, líderes, livros e textos cheios de opiniões sobre o assunto.

Não existe escolha sem riscos. Ninguém é perfeito. Não dá pra exigir que a pessoa seja um príncipe encantado. Somos seres humanos, cheios de erros e defeitos. O segredo está em achar alguém cujas qualidades você ame e os defeitos suporte. Precisa haver admiração. Porque se não suportar então de fato vocês não combinam, viverão em uma guerra constante.

É possível melhorar no dia a dia, aprender a viver junto, mas antes de criar uma talvez história a dois, desfaça o nó em sua cabeça e decida o que vale a pena. Dicas pra saber se, de fato, vale voltar atrás:
– Seus pais aprovam esse relacionamento?
– Ele/ela te aproximava mais de Deus durante o período que estavam juntos?
– Ele te respeitava e aceitava os limites impostos no relacionamento?
– O motivo do término ainda é significante?

Respondendo essas perguntas você saberá. Se a decisão é seguir adiante, enxugue as lágrimas, passe um batom vermelho, e entenda que Deus tem alguém para você. No entanto, se a decisão for correr atrás, não deixe o orgulho falar mais alto. Independente de quem errou, seja a pessoa a falar me perdoa. Amar é muitas vezes voltar atrás. É dizer sim querendo dizer não porque você sabe que o amor vale mais do que o orgulho e o medo.

seta

CONHEÇA NOSSA LOJA ONLINE