VOCÊ É FINA JOIA, NÃO SE ENXERGUE COMO BIJUTERIA

Ela só quer alguém que a valorize; Quer amar e ser amada à mesma medida; ela só quer reciprocidade; quer alguém que a faça se sentir especial, única, admirada; Ela quer um doce e constante olhar sobre ela; Quer ser o motivo da alegria de alguém.

Todas desejamos exatamente isso não é mesmo? É incrível sentir-se emocionalmente realizada, mas muitas vezes não é dessa forma que nos sentimos, talvez por não ter alguém para nos lembrar do quanto somos especiais ou que faça com que nos sintamos bem. O grande problema não está em desejar sentir-se assim, mas em depender emocionalmente de quem pode nos decepcionar. A dependência emocional faz com que esqueçamos quem realmente somos; Nos faz perder nossa verdadeira identidade, pois depositamos em alguém toda a nossa autoestima, dando a essa pessoa autonomia tanto para nos fazer bem como para nos fazer mal, ou seja, tanto para valorizar nossos sentimentos e emoções, quanto para nos fazer acreditar que não nos bastamos.

Quando caímos na mentira de que precisamos desesperadamente de alguém para nos completar e nos valorizar, somos rápida e facilmente levadas a alterar nosso valor para surgirem mais “propostas” ou para nos encaixarmos naquilo que acreditamos poder suprir nossas carências emocionais.

Em Provérbios 31.10 diz: “Mulher virtuosa quem a achará? O seu valor muito excede o de rubis.”

Depender emocionalmente de quem quer que seja, é diminuir o valor dado por Deus a você; é se deixar ser desvalorizada. Mas entenda uma coisa, moça, ninguém pode diminuir o valor que Deus te deu, a menos que você permita; Quando você se enxergar como fina joia, não deixará que ninguém a trate como bijuteria, mas enquanto se achar em valor aquém daquele que Deus te deu, não espere que te tratem de forma melhor do que isso.

Perceba que nesse versículo a pergunta é: “Quem a achará?” todo o restante são afirmações. Você já é virtuosa e já tem um grande valor, tal que excede o de rubis; Em outras palavras, sua virtude e seu valor não dependem de ninguém, não estão com ninguém, estão EM você. Quanto à pergunta, você será achada, não sua virtude ou seu valor; estes pertencem a você, quem a encontrar irá vê-los em você.

Ao olhar para si mesma, enxergue o seu real valor. Não se diminua, não se considere inferior a quem quer que seja; Não despreze o valor que Deus deu a você. Acredite, moça, você é a melhor das criações de Deus, seu valor é inestimável; Não permita que os padrões do mundo, seu status de relacionamento ou o número de curtidas nas suas fotos das redes sociais determinem o quanto é valiosa.

Reconheça o seu valor e sua preciosidade, enxergue-se como a melhor das criações; como filha amada e desejada do Senhor.

Princesa, você é uma fina joia do Senhor, o maior prazer de Cristo; Não trate a si mesma como bijuteria, nem permita

que alguém o faça.

Você não está em liquidação; Jesus pagou um alto preço por você, não reduza seu valor.

Esse artigo é uma contribuição de nossos leitores.

Ana Beatriz Brito, cristã, 17 anos.

Alguém que descobriu as maravilhas do Amor imerecido, a Graça e o prazer que há em compartilhar a verdade do evangelho de Cristo que restaura corações.

E-mail: anabrito168@gmail.com

Facebook https://www.facebook.com/anabeatriz.brito.186

Instagram: _anabeatrizbrito

RELACIONADO
COMPARTILHE ESTE ARTIGO:
 
mm

Redação Eu Escolhi Esperar