Home Artigos Virgindade não define um grande amor – A pureza é muito mais...

Virgindade não define um grande amor – A pureza é muito mais que isso!

12757
0
Virgindade
Virgindade

Você já sonhou em conhecer alguém especial pra namorar, noivar e se casar? Já desejou formar uma linda família pra, juntos, servirem a Deus? Provavelmente sim, não é mesmo? Então eu te pergunto: quando você pensa nesses tipos de sonho, tem a impressão de que eles só se realizam com pessoas que se guardam, que esperam em Deus e se casam virgens?

 

Talvez você ache que conhecer e se casar com alguém maravilhoso seja algo distante demais da sua realidade, pelo fato de você já ter pecado fazendo sexo antes do casamento ou praticado qualquer outro ato contrário à santidade. Mas acredite: você pode, sim, tornar o seu coração puro de novo e passar a viver tudo aquilo que Deus tem de melhor pra sua vida, independentemente do seu passado!

 

 

Seja sincero: por hoje eu ter um casamento abençoado por Deus e aconselhar tantos jovens cristãos a se guardarem, acha que eu nunca vacilei nessa área? Mesmo depois de convertido (ainda solteiro), caí no lamaçal do pecado; visitei locais e pratiquei atos que não condizem com os de um servo de Deus. Pior que isso, eu pensava que o Espírito Santo me levava a fazer tais coisas só pelo fato de eu amar tanto uma pessoa e achar que, se não cedesse, iria perdê-la de vez. A minha desculpa era: “Vou levando a vida assim, porque, um dia, sei que vou ganhá-la pra Cristo e me casar com ela”. Mas, na verdade, eu estava amando mais essa pessoa do que a Deus; e o final foi só amargura.

 

Então, meu amigo, se você não esperou em Deus; saiba que eu também não. E que lição nós dois podemos tirar disso? É que o fato de conseguir viver e sonhar novamente os sonhos de Deus pra sua vida não se baseia na sua virgindade ou na perda dela; não se baseia no fato de você nunca ter cometido algum pecado na área sexual, mas, sim, que, embora você tenha pecado, não quer mais PERMANECER nele (ou seja, não quer mais ficar repetindo a prática do pecado, a iniquidade).

 

Pecar todo mundo já pecou algum dia. E, pra Deus, não existe diferença entre “pecadinho” e “pecadão”. Há quem seja virgem e viva na prática da fofoca, mentira, manipulação, não é verdade? Então acredite: pra parar de pecar é só você querer mudar!

 

Quando decidi não querer mais fazer sexo durante o namoro, minha namorada daquela época não aceitou essa condição e me pressionou de tal maneira que precisei literalmente sair correndo do quarto, para o sexo não se consumar. Mas, também, que mole eu dei? Ficar sozinho no quarto com ela… Que mané! Ao menos um fato engraçado nessa história: quando precisei correr, eu estava com a perna engessada. Imagina a cena! Rsrsrs

 

Sofri muito ao terminar com ela; achei que não seria mais feliz outra vez, e olha que, nesse meio-tempo, conheci outra pessoa, que se dizia cristã, mas, para a minha surpresa, também tentou me agarrar quando estávamos sozinhos. Olha aí eu vacilando de novo! Então, fica a dica: não fiquem sozinhos em locais que sejam propícios a carinhos mais íntimos. Você sabe do que estou falando, né?

 

Depois de um certo tempo, vi que valeu a pena eu ter parado de fazer sexo; ter guardado durante anos o meu corpo e o meu coração para aquela que, mais tarde, eu iria conhecer e com quem iria me casar: minha esposa, que, aos 33 anos, se casou virgem. Muitos dizem que esperar é coisa só pra adolescente e que é impossível se guardar depois que você já experimentou o sexo. Duas mentiras! Afinal, pra santidade não existe faixa etária, e pra matar a carne existe o Espírito de Deus!

 

Sei que não é nada fácil; a vontade de fazer sexo é muito latente, mas difícil mesmo é você não buscar agradar ao Senhor, ser reprovado por Ele. O segredo pra você não pecar é olhar para aquilo que é mais forte; é você temer a Deus e se sentir sempre abraçado por Ele como um filho, tendo certeza de que o Pai fará sempre o melhor. Sexo é bom, mas não faz uma pessoa feliz sem a bênção do Senhor. Basta você olhar à sua volta para ver quantos fazem sexo e se dizem completos, felizes, realizados, mas têm a vida vazia.

 

Não sei a sua condição; se você já pecou nessa área ou não, e se está desanimado por ter caído. Se pecou, se arrependa e busque não pecar mais. Isso é possível! Não é algo sobrenatural. Em Cristo, você tem domínio sobre a sua carne. Agora, se você se mantém virgem, em Nome de Jesus, continue assim; não use a minha experiência ou a de tantos outros pra você experimentar o sexo agora e, depois, se purificar. Muitos, infelizmente, não conseguem fazer o caminho de volta e abandonar essa prática, sofrendo, então, consequências terríveis.

 

Guarde-se, espere em Deus, e Ele fará. Pode parecer que nada acontece durante anos na sua vida, mas no tempo certo Ele fará o melhor por você!

 

Você viverá com a pessoa mais linda e maravilhosa de toda a sua vida!

Medite nisso, e que o Senhor abençoe tremendamente você!

 

Contatos, críticas ou sugestões de temas, escreva para o e-mail: <relacionamentojovemcristao@gmail.com>, e farei o possível para responder-lhe o quanto antes.

Até a próxima quinzena!

Marco Aurélio

 

 

 

Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!

(2 Coríntios 5:17)

 

Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça.

(1 João 1:9)

 

Porventura tomará alguém fogo no seu seio, sem que suas vestes se queimem?.  (Provérbios 6:27)

 

Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo.  (1 João 2:1)

COMPARTILHE ESTE ARTIGO: